Feminicídio: PI tem 55 processos pendentes e nenhuma sentença em 2 anos

No Piauí, até o final de 2017, havia 55 processos de feminicídio pendentes para serem julgados pelo Tribunal de Justiça e nenhum deles recebeu sentença nesses dois anos. Desse modo, é o único Estado que não proferiu sentenças durante o período. Desse total, 14 ações são de 2016 e 41 de 2017.

Resultado de imagem para Feminicídio: PI tem 55 processos pendentes e nenhuma sentença em 2 anosEm relação a quantidade de novos casos, dos 55 pendentes no Piauí, foram registrados seis em 2016 e 34 em 2017. Somente na última terça-feira (20), no Estado, três feminicídios e uma tentativa foram registrados. Fazendo um comparativo e resguardando as devidas proporções, o estado do Paraná, que tem o maior número de processos registrados, 4.946, teve 2.879 processos sentenciados.

Os dados são do estudo “O Poder Judiciário na Aplicação da Lei Maria da Penha – 2018”, do Conselho Nacional de Justiça, e mostram que os números crescem em todo o Brasil, assim como no Piauí. O mesmo estudo avalia também que o poder judiciário não consegue acompanhar, com celeridade, o julgamento desses processos. O trabalho foi elaborado pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ/CNJ), com base em informações prestadas pelos Tribunais de Justiça.

O número é relativamente pequeno em relação ao total em todo o país, onde até o final do ano passado, eram 10.786 processos pendentes. Contudo, o estuado mostra a ascensão de casos em todo o Brasil. Desse total de processos no país, 2.643 foram novos casos de 2017 e em 2016, foram 1.287 novos casos registrados. 

O CNJ destaca que há subnotificações pela deficiência na coleta de dados em vários Estados. “Em alguns casos, o número baixíssimo de casos (especialmente em 2016) indica uma evidente subnotificação do fenômeno”, esclarece matéria da Agência CNJ de Notícias. 

 

                                                                                   Foto: Reprodução/ CNJ

Por que feminicídio?

O Conselho assevera que desde a edição da Lei n. 13.104, em 2015, o assassinato de uma mulher por sua condição de gênero, - envolvendo violência doméstica, menosprezo ou discriminação à condição de mulher - tornou-se uma qualificadora do tipo penal homicídio, que se tornou hediondo, quando cometido nessas circunstâncias.

Julgamentos

Em razão da vigorarão da lei,de acordo com o CNJ, em 2017, o esforço de juízes em aplicar a lei em casos de assassinatos de mulheres gerou mais sentenças em relação ao ano anterior. As informações são que para fazer frente ao fenômeno social, os magistrados da Justiça Estadual emitiram no ano passado 4.829 sentenças, 2.887 a mais que em 2016. No entanto, o Piauí não proferiu nenhuma. Em dois anos, todos os 55 processos aguardam decisão da Justiça.

Segundo o CNJ, “o volume de processos é maior que a capacidade da Justiça de julgar responsáveis pelos crimes”.

Ranking

De acordo com o Mapa da Violência, de 2015, o número de mulheres vítimas de homicídio aumentou de 3.937 para 4.762, entre os anos de 2003 e 2013, ocupando a quinta pior posição no ranking mundial: 4,8 assassinatos a cada 100 mil mulheres. O aumento foi de 8,8%, considerando o crescimento da população feminina. 

Perfil

Segundo o levantamento, o perfil mais visado por essa violência é o da mulher negra (preta e parda), com idade entre 18 e 30 anos e esse crescimento veio acompanhado de um fluxo mais intenso de ações penais na Justiça. 

cidade verde 

Polícia prende suspeito de matar criança de um ano no município de Parnaguá

Em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, a Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia Regional de Bom Jesus ,prendeu na ultima sexta-feira (15) Alan da Anunciação Gomes, suspeito de espancar e matar uma criança de apenas um ano de idade na cidade de Parnaguá no dia 18 de abril de 2011.

Alan estava foragido e foi encontrado na zona rural do município de Currais, mas há tempos residia em Bom Jesus.  

Ao ser abordado pelos policiais, o acusado não esboçou nenhuma reação. Ele será encaminhado à Penitenciária Regional de Bom Jesus, onde aguardará um posicionamento da Justiça competente. O mandado de prisão preventiva de Alan da Anunciação Gomes foi expedido pelo Delegado Regional de Curimatá.

Fonte Teresina Diário 

Mulher é morta a facadas em Piripiri e Piaui registra 3º feminicídio em 24 horas

A doméstica Irismar Castro, de 29 anos, foi morta por volta das 9h desta terça-feira (19) a golpes de faca pelo ex-companheiro, identificado como José Ioiô.

O crime aconteceu na cidade de Piripiri, a 157 km de Teresina, onde os dois residiam. No Piauí, este é o terceiro caso de feminicídio registrado em menos de 24 horas.

Irismar foi assassinada por José, segundo a Polícia Civil, na residência onde trabalhava como doméstica e veio a óbito no local. De acordo com o delegado de Piripiri, Jorge Terceiro, o suspeito foi até a casa e deferiu vários golpes de faca na mulher, depois foi ao centro da cidade e confessou a crime a alguns policiais.

Ainda de acordo com o delegado, o casal havia terminado o relacionamento e José não aceitava o fim. “Pelo que tivemos conhecimento, ele queria reatar e ela não consentia. Depois que cometeu o crime, ele se dirigiu ao centro e ele próprio contou aos policiais que estavam na rua que havia matado Irismar”, esclareceu Jorge Terceiro.   

Logo após confessar o crime, José foi levado a delegacia e após ser constatado que de fato a mulher havia sido morta, José foi preso em flagrante e autuado por feminicídio. “Ele está preso no Complexo de Delegacias da cidade, o mandado de prisão em flagrante está sendo concluído para que seja enviado a juíza criminal do município”, complementou.

O instrumento (faca) utilizado por José para cometer o crime foi apreendido e será feito em Piripiri o exame cadavérico em Irismar. “Para que não haja necessidade de o corpo ser levado a Teresina”, concluiu Jorge Terceiro.

Três casos em 1 dia

Francinilda Pereira de Andrade, de 33 anos, também foi uma vítima de feminicídio. Ela foi assassinada vítima de espancamento no residencial Nova Teresina, na zona Leste da capital, nesta terça-feira (19). O suspeito é o namorado, José Ribamar da Costa, 66 anos, que tentou se matar logo em seguida, mas não conseguiu.

Ontem, Gabriela de Carvalho, 21 anos, foi morta com uma facada no pescoço no açougue da sua família, na tarde de ontem(19). O principal suspeito é o marido, Nailson de Carvalho Oliveira, 31 anos, que confessou ter arremessado a faca durante uma discussão.   

cidade verde 

Operação desativa garimpo clandestino que explorava diamante

Agentes da PRF, juntamente com a Polícia Civil, Secretária Estadual do Meio Ambiente e a Secretária de Fazenda, realizaram uma operação conjunta, onde resultou na desativação de um garimpo clandestino de exploração de diamante no munícipio de Gilbués, sul do Piauí. A ação aconteceu na sexta-feira (15).

Operação desativa garimpo clandestino que explorava diamanteSegundo informações repassadas pelo Inspetor Barros Filho, após as fiscalizações realizadas pela SEMAR, foi constatado que as margens do Riacho Marmelada, zona rural de Gilbués, 7 pessoas (garimpeiros) de outros estados estavam realizando extração mineral sem nenhum tipo de autorização.

Eles foram detidos e conduzidos à delegado de Polícia Civil para serem autuados, pois além da extração ilegal foram apreendidas com um deles várias pedras preciosas, entres elas, esmeraldas.

A Semar aplicou multa ao responsável pelo garimpo de R$ 40 mil e embargo da área e apreensões de equipamentos/ferramentas.

Cresce denúncias de golpe na internet e delegado dá dicas de como evitar

O delegado Daniell Pires, da Delegacia de Repressão aos Crimes de informática, informou ao Cidadeverde.com que tem crescido os golpes envolvendo vendas na internet.

Imagem relacionadaEle dá dicas para que o consumidor evite cair neste tipo de crime. Segundo o delegado, cerca de 30% das denúncias registradas envolvem estelionato (com vendas de lojas fantasmas, inexistentes) e furtos.

Daniell Pires alerta que o consumidor precisa ficar atento a alguns mecanismos que dá indicativo de que a loja seja falsa.

“Ao comprar na internet, o consumidor não olha apenas o preço que, às vezes, é bem atrativo. É preciso que olhem também que o site é seguro”.

De acordo com o delegado, um dos indicativos que o site seja seguro é a presença do “HTTPS” no endereço eletrônico, “se não tiver o S no final nem navegue”, afirma Pires. “Verificar também se o site tem cadeado, queé um dispositivo de que é uma compra segura” (na mesma caixa do endereço eletrônico).

Ele recomenda também que antes de fazer qualquer compra o consumidor obtenha um número de telefone para entrar em contato com a loja. É preciso ligar para a “empresa” e certificar se o serviço de fato existe.

Outro detalhe é “nunca abrir e-mails com promoções”, pois muitos golpistas usam desse recurso para atrair o consumidor.

Em Teresina, um caso de grande repercusão foi a da loja virtual Chez Gaby: duas empresárias piauienses, mãe e filha, são suspeitas de aplicar um golpe que pode ultrapassar os R$ 300 mil contra pelo menos 100 clientes.

O delegado chama a atenção para que as pessoas denunciem no distrito da área. 

Além do crime de estelionato e furto, o crime de extorsão, invasão ao dispositivo eletrônico (hackers), crimes contra a honra, a injuria e a difamação também devem ser denunciados. 
 

Fake News

Até o momento, a Delegacia de Crimes Virtuais não recebeu nenhuma denuncia de Fake News. O delegado ressalta que existe três projetos de Lei no Congresso Nacional envolvendo a criminalização de notícias falsas. 

Daniell acrescentou que nos EUA as fake News já são consideradas crimes. Na Alemanha também, o sites podem ser multados em 500 mil euros, que correspondem a R$ 2 milhões.

Fonte Cidade Verde  

CORRENTE: Ladrões roubam escola de Inglês, Prejuízo é de pelo menos 6 notebooks

Ladrões voltam atacar nas noites de Corrente, estava tranquilo mais nesse final de semana elementos invadiram uma escola de aula de íngles em pleno centro da cidade.

Resultado de imagem para delegacia de corrente piRelatos em grupos de wat sap dão conta que os ladrões deram um prejuízo para dos donos da escola, levando pelo menos 06 not boks, A polícia foi acionada para apurar vestígios de suspeitos pelo local.           

Da Redação 89 99906 8076

Operação prende candidatos que fariam concurso da PC-PI neste domingo

A Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Civil do Piauí, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado – GRECO deflagraram neste sábado (09) a operação Contenção, com objetivo de desarticular associação criminosa especializada em fraudes a concursos públicos, cuja atuação resultou na fraude ao concurso público de agente penitenciário do Piauí, realizado em 18 de setembro de 2016, e que posteriormente culminou na anulação da prova.

Operação prende candidatos que fariam concurso da PC-PI neste domingoEstão sendo cumpridos mandados de prisões temporárias e buscas e apreensões em vários bairros de Teresina. Foram presas sete pessoas e dado cumprimento a oito mandados de busca e apreensão. Dentre os alvos presos existem três pessoas que estão inscritas no concurso para agente de Polícia Civil que será realizado amanhã (10).

Concurso da Polícia Civil do Piauí

Para o concurso de Delegado e Agente da Polícia Civil do Piauí, que será realizado neste domingo (10), foi montada uma força tarefa de mais de 200 policiais civis para atuar na fiscalização dos centros de aplicações e assim evitar fraudes ao certame. Mais de 21 mil pessoas foram inscritas no concurso. 

portalr10

ALERTA: Jovem de 16 anos morre após choque com celular

Adolescente de Tianguá, no interior do Ceará, morreu enquanto utilizava o celular que estava recebendo carga. Iago Aguiar Mendes, de 16 anos, foi atender uma ligação e recebeu uma descarga elétrica.

Resultado de imagem para Jovem de 16 anos morre após choque com celular O menino chegou a ser socorrido, mas não resistiu e faleceu. As informações foram confirmadas por um amigo do pai do garoto. O acidente aconteceu nessa quinta-feira, 7. 

O escola que Iago estudava lançou uma nota de pesar sobre a morte repentina do adolescente. “Iago esteve conosco desde os primeiros passos na escola até hoje”, diz o post na página do Facebook do Colégio Santa Maria. A instituição deseja forças aos pais do garoto, Ana Paula e Antônio Aristides. 

Casos como o de Iago já aconteceram ainda este ano de 2018. Em fevereiro, uma adolescente do Piauí faleceu devido a uma descarga elétrica que recebeu do celular. Apesar da tensão elétrica de aparelhos celulares ser baixa, acidentes como este podem acontecer. A recomendação de especialistas é não utilizar o celular durante o carregamento.

Fonte: O Povo

Piauiense é morta a facadas por ex-companheiro em Brasília

Será enterrada hoje, em Floriano (PI), a operadora de caixa Tauane Morais dos Santos, 23 anos. Na noite da última quarta-feira, ela se tornou a 11ª vítima de feminicídio no Distrito Federal apenas este ano. A jovem foi morta a facadas pelo ex-companheiro, Vinícius Rodrigues de Sousa, 24, no apartamento onde o casal morava com dois filhos, de 2 e 4 anos, em Samambaia Norte.

Resultado de imagem para Piauiense é morta a facadas por ex-companheiro em Brasília O homem, que trabalhava como chapeiro, não aceitou o término do relacionamento, descumpriu medida protetiva e esfaqueou a vítima diversas vezes. Após o crime, desferiu mais de 20 facadas no próprio corpo, segundo a Polícia Civil. Ela morreu na hora. Ele chegou a ser resgatado com vida, mas faleceu às 13h de ontem, no Hospital Regional de Taguatinga.

Essa foi a segunda briga do casal em menos de quatro dias. A última havia sido no domingo. Durante a discussão, Tauane disse que estava cansada e que queria pôr um fim ao relacionamento de quatro anos. Pediu que o companheiro pegasse as coisas dele e fosse embora. No depoimento à Polícia Civil, ela contou que, depois disso, ele ficou “descontrolado”, quebrou diversos eletrodomésticos que haviam sido comprados por ela, como a televisão e a geladeira, a agrediu, ameaçou de morte e tentou enforcá-la. O filho de 2 anos do casal testemunhou a cena, e chorava desesperado.

Vizinhos chamaram a Polícia Militar, que separou a briga. Eles foram levados à 24ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), onde Tauane deu depoimento e Vinícius foi preso por injúria, ameaça, dano qualificado e vias de fato no âmbito da Lei Maria da Penha. A mulher conseguiu medida protetiva com urgência e, no dia seguinte, o juiz Aragonê Nunes Fernandes, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Samambaia, soltou o agressor após a audiência de custódia. Conforme ata de audiência, o magistrado entendeu que a fixação de medidas protetivas eram suficientes para acautelar o processo e manter a integridade da vítima.

Além do casal e dos dois filhos, o irmão da vítima, Thalis dos Santos, 32, morava no apartamento com a mulher e um filho. Na quarta-feira à noite, Vinícius foi ao apartamento onde o casal morava em um horário em que apenas Tauane estava. O assassinato ocorreu em seguida. Como não há sobreviventes ou testemunhas, a Polícia Civil não tem informações se o casal chegou a discutir antes do crime. O sobrinho da vítima foi o primeiro a ver a cena do crime, e a mãe dele chamou os policiais.

Segundo o delegado-chefe da 24ª DP, Eduardo Galvão, Vinícius não tinha passagens pela polícia. “No depoimento, Tauane afirmou que o companheiro a havia agredido algumas vezes, mas que ela nunca o havia denunciado. Crimes violentos como esse são derivados de uma escada de acontecimentos. Começam com agressões verbais, vai passando para físicas, até chegar a esse ponto.”

Luto

Vizinhos afirmam que as brigas se tornaram mais frequentes no último mês. Tauane nasceu em Araguaína (TO), e mudou-se para o Piauí, onde conheceu Vinícius. Eles vieram juntos para Brasília em busca de melhores oportunidades de emprego. Luciana dos Santos, cunhada de Tauane, contou que os dois filhos da vítima ficarão com os tios, mas informou que a família prefere não se manifestar no momento. Vinícius também será enterrado no Piauí, mas não há informações sobre a data do velório.

PIAUÍ 

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio das 13ª, 14ª e 15ª Promotorias de Justiça, vem acompanhando seis casos de feminicídio ocorridos em 2018. São casos de mulheres que foram brutalmente assassinadas por seus companheiros ou pessoas próximas com requinte de crueldade e sem chances de defesa.

Os seis já estão tramitando no Tribunal de Justiça após o MPE oferecer denúncias contra os acusados. São estes o assassinato de Fabiana Carvalho Viana, recebido pela Promotoria em abril e tendo como acusado o companheiro da vítima, de nome José Reinaldo de Sousa; o assassinato de Maressa Castro da Silva, recebido em março e tendo como acusado seu ex-companheiro de nome Daniel Eufrásio da Silva

Há ainda o assassinato de Emanuelle Kliw Lima de Sousa, recebido em fevereiro e que tem como acusado seu companheiro de nome Daniel Rodrigues de Sousa; o assassinato de Maria do Nazaré de Sousa Pereira, recebido em fevereiro, cujo acusado é Raimundo Alves dos Santos; o assassinato de Aretha Dantas Claro, ocorrido em maio e tendo como acusado seu ex-companheiro Paulo Alves dos Santos Neto; o assassinato de Gisleide Alves dos Santos , morta a facadas pelo companheiro de nome Samuel Lucas Teixeira de Araújo dentro de sua própria residência no bairro Santa Fé.


Foto: Arquivo O Dia

Há ainda três casos de feminicídio que ainda não tramitam no MP, mas que tambhé ocorreram este ano e ainda aguardam o encaminhamento para a Justiça: o assassinato de Aline da Silva Ramos , morta pelo próprio companheiro, de nome Ezequiel Fernandes de Sousa, em 30 de abril deste ano. Ela foi agredida por ele durante uma briga e sofreu um traumatismo craniano. E sua defesa, o acusado alegou que apenas se defendeu dela, que teria tentado lhe atacar com uma faca.

Também ainda não chegaram à alçada do Ministério Público o caso de Joana D’Arc , ocorrido no último dia 31 de maio no bairro Promorar e, mais recentemente, o da professora Selene Veras Roque , que foi morta com 26 facadas pelo próprio marido no povoado Lameira, em Luís Correia.

O último a ter denúncia oferecida à Justiça pelo MPE foi o caso de Aretha Dantas. O promotor Benigno Filho, da 13ª Vara, denunciou Paulo Alves Neto por crime de homicídio com a qualificado do feminicídio e mais três agravantes: crime por motivo torpe, sem dar chances de defesa à vítima e com requinte de crueldade.

Estas, segundo o promotor, são características recorrentes em casos de homicídio qualificado como feminicídio. “Sempre é alguém que diz gostar da vítima, que diz amá-la e que diz que agiu por impulso, no calor do momento. As vítimas geralmente são mulheres que já vinha sofrendo violência doméstica, seja física ou verbal. Há sempre um histórico de agressão antes do crime”, relatou o promotor.


O promotor Benigno Filho, titular da 13ª Promotoria de Justiça do Piauí (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

O número de casos que o MP acompanha e que aconteceram este ano é considerado alarmante pelo titular da 13ª Promotoria. Segundo Benigno Filho, nunca na história de atuação do órgão se via tantas mulheres sendo assassinadas. Ele lembra ainda três casos que foram recebidos em sua Vara Criminal ocorridos em 2015 e 2016, após a violência doméstica e o feminicídio terem sido incluídos como qualificadores do crime de homicídio pela Lei 13.104, de 09 de março de 2015.

Trata-se da morte de Maria de Deus Tomaz por seu ex-companheiro, de nome Francisco silva Pereira; do assassinato de Raquel Carmo da Silva, morta pelo também ex-companheiro Paulo Afonso Pereira de Campo; e da morte de Carla da Silva Almeida pelo ex-companheiro de nome Antônio Sebastião de Macedo.

 “É uma realidade preocupante demais. São nove casos sendo acompanhados nos últimos três anos e seis só este ano. Não é um número pequeno, nós chegamos agora à metade do ano e temos praticamente uma mulher sendo morta por mês, isso é inadmissível. O nosso papel é entregar à Justiça denúncias consistentes e é isso que temos tentado fazer, mas a gente sabe que é um trabalho muito mais complexo. Eu não sou psicólogo, não posso dizer o que se passa de alguém que mata uma pessoa, mas as características deste tipo de crime deixam claro a crueldade e a falta de humanidade em quem faz isso”, finaliza o promotor.

 
Fonte: Correio Braziliense/ O Dia 

Brasil ultrapassa a marca de 62 mil homicídios por ano

No ano de 2016, 62.517 pessoas foram assassinadas no Brasil, o que equivale a uma taxa de 30,3 mortes para cada 100 mil habitantes. Os dados são do Ministério da Saúde e foram divulgados hoje (5) no Atlas da Violência 2018, apresentado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Segundo a análise, a taxa de homicídios no Brasil corresponde a 30 vezes a da Europa, e o país soma 553 mil pessoas assassinadas nos últimos dez anos.

Resultado de imagem para Brasil ultrapassa a marca de 62 mil homicídios por anoTodos os estados que lideram a taxa de letalidade estão na Região Norte ou no Nordeste: Sergipe (64,7 para cada 100 mil habitantes), Alagoas (54,2), Rio Grande do Norte (53,4), Pará (50,8), Amapá (48,7), Pernambuco (47,3) e Bahia (46,9). As maiores variações na taxa foram observadas em São Paulo, onde houve redução de 56,7%, e no Rio Grande do Norte, que registrou aumento de 256,9%.

Juventude negra

A violência letal contra jovens continua se agravando nos últimos anos e já responde por 56,5% das mortes de homens entre 15 e 19 anos de idade. Na faixa entre 15 e 29 anos, sem distinção de gênero, a taxa de homicídio por 100 mil habitantes é de 142,7, e sobe para 280,6, se considerarmos apenas os homens jovens.

O problema se agrava ao incluir a raça/cor na análise. Nos últimos dez anos, a taxa de homicídios de indivíduos não negros diminuiu 6,8% e a vitimização da população negra aumentou 23,1%, chegando em 2016 a uma taxa de homicídio de 40,2 para indivíduos negros e de 16 para o resto da população. Ou seja, 71,5% das pessoas que são assassinadas a cada ano no país são pretas ou pardas

Feminicídio e estupro

A violência contra a mulher também piora a cada ano. Os dados apontam que 68% dos registro de estupro são de vítimas menores de 18 anos e quase um terço dos agressores das crianças de até 13 anos são amigos e conhecidos da vítima e 30% são familiares mais próximos como país, mães, padrastos e irmãos. Quando o criminoso é conhecido da vítima, 54,9% dos casos são ações recorrentes e 78,5% dos casos ocorreram na própria residência.

Controle de armamento

Os pesquisadores ressaltam a importância de uma política de controle responsável de armas de fogo para aumentar a segurança de todos. Segundo a pesquisa, entre 1980 e 2016, 910 mil pessoas foram mortas por perfuração de armas de fogo no país. No começo da década de 1980, os homicídios com arma de fogo eram 40% do total e chegou a 71,1% em 2003, quando foi implantado o Estatuto do Desarmamento. A proporção se manteve estável até 2016. O levantamento aponta, ainda, que os estados onde houve maior crescimento da violência letal são os mesmos onde cresceu a vitimização por arma de fogo.

* Matéria alterada às 14h51 para corrigir informação. No primeiro parágrafo onde se lê 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública o correto é Atlas da Violência 2018.

AGENCIA BRASIL 

CORRENTE: Acidente entre um caminhão e Fiat palio deixa um ferido

Acidente entre um caminhão e fiat palio deixa um ferido

Foi hoje por volta de meio em frente à agespisa na BR 135 segundo um policial militar lotado no 7º BPM de Corrente que estava na ocorrência o acidente foi entre um veiculo fait palio e um caminhão de uma empresa de gás em Corrente.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, céu, shorts e atividades ao ar livreO condutor do veiculo palio sofreu um ferimento na testa foi socorrido pelo SAMU para o hospital de Corrente e ainda segundo informações da policia será feito o procedimento de raio-X para melhor avaliação.

A policia militar esteve no local para fazer o procedimento e averiguar responsabilidades.

Uma fila imensa se formou nas proximidades do local do acidente para motoristas abastecerem em posto de combustivel que tinha acabado de chegar mais uma caminhão taque para abastecer em Corrente. Essa fila também poderia ter sido um dos motivos para o acidente disse um policial militar que estava no local da ocorrência.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, sapatos, céu e atividades ao ar livre

Nenhum dos condutores tinha sido identificados pela policia até o fechamento dessa matéria    

Da redação 89 99906 8076          

Operação prende quadrilha que adulterava combustíveis no Piauí

Uma operação deflagrada no início da manhã desta quarta-feira (23), desarticulou uma organização criminosa que adulterava combustível no estado do Piauí. Galões de combustíveis foram encontrados em veículos em uma transportadora na região do Dirceu, zona sudeste de Teresina.

A ação contou com a participação de Agentes da Polícia Rodoviária Federal - PRF, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO/MPPI, Ministério Público do Trabalho - MPTPI e Agência Nacional do Petróleo - ANP. A ação é denominada "Operação Estanque".

APRF após receber inúmeras denúncias de transporte irregular de combustível, com possíveis adulterações na gasolina transportada (com mistura de água), uso de rebites, bem como o desrespeito às leis trabalhistas, encaminhou as informações ao GAECO, que iniciou as investigações no transporte e distribuição de combustível.

Foram constatados diversos ilícitos como: associação criminosa, furto e crimes contra a ordem econômica, tributária e ambiental.

Diante dos fatos, foram expedidos mandados de prisão e de busca e apreensão a serem cumpridos pela PRF em Teresina, Capitão de Campos e Peritoró/MA. "A PRF deu cumprimento a 23 mandados de prisão e 25 mandados de busca e apreensão e desde já foram encaminhados 15 presos ao IML de Teresina para fazer exame de corpo de delito", informou o inspetor Barros Filho.

Fonte Portalr10/PRF

VIOLÊNCIA: Assaltantes covardes que atiraram na vítima após roubar moto tem fim trágico

Os assaltantes que abordaram o motociclista Luís Carlos, de 58 anos, forma violenta na Avenida Marechal Rondon na terça-feira (15), na altura do bairro Riachuelo, no Rio de Janeiro, roubaram sua moto e ainda atiraram na vítima foram encontrados pela Polícia.

Assaltantes%2Bcovardes%2Bque%2Batiraram%2Bna%2Bv%25C3%25ADtima%2Bap%25C3%25B3s%2Broubar%2Bmoto%2Btem%2Bfim%2Btr%25C3%25A1gico.%2BUm%2Bpreso%252C%2Bo%2Boutro%2Bmorto O bandido que pilotava a outra moto foi preso. Já o outro deu coronhadas na vítima enquanto gritava "Você quer morrer?", "Você vai morrer!", acabou não tendo a mesma sorte do comparsa.

DdVtxfSXcAAvyLI

Felipe de Souza Valeriano, 19 anos, e Franklin Maia de Oliveira André, 18 anos não duraram nem 24 horas nas ruas. O que deu o Tiro Morreu no Morro na região do Méier ao resistir a prisão. Seu comparsa preferiu se entregar.

 
O caso foi registrado na 25 ªDP. Segundo os investigadores, os criminosos são maiores de idade e do complexo do São João. Policiais da 25ª DP e da UPP concentraram as buscas na comunidade. Reveja no vídeo abaixo as imagens do assalto. A vítima passa bem e recuperou sua moto.
Fonte Imprensa Viva

Polícia realiza operação de combate à pedofilia no Piauí

A Polícia Civil do Piauí participa nesta quinta-feira (17), da "Operação Luz na Infância 2", uma das maiores ações do mundo de combate à pedofilia. No estado, estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em Teresina (11), Parnaíba (03) e na cidade de Itainópolis. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante.

Polícia realiza operação de combate à pedofilia no PiauíAs equipes procuram arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. A força-tarefa é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) e ocorre desde as primeiras horas da manhã, num total de 24 estados, além do Distrito Federal.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP) e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Esse conhecimento produzido durante quatro meses foi repassado às Polícias Civis – em especial Delegacias de Proteção à Criança e Adolescentes - DPCA e Repressão aos Crimes de  Informática DRCI – que instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais a expedição dos mandados que foram deferidos com apoio do Judiciário, por meio da Central de Inquéritos em Teresina/PI.

Na primeira edição da Operação Luz na Infância, realizada em 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Durante a apreensão desses materiais nos 24 estados e DF, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam esses equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet. Aquela operação foi resultado de seis meses de levantamentos e investigações coordenados pela Senasp/MESP, em conjunto com as agências de inteligência das Polícias Civis.

A operação foi intitulada Luz na Infância por serem bárbaros e obscuros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Os acusados deste tipo de delito agem nas sombras da internet e devem ter suas condutas elucidadas e julgadas, como a de qualquer criminoso.

A operação é coordenada pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente) e conta com a participação de grande número de policiais civis, entre delegados de polícia, escrivães e agentes da delegacia geral, Greco, Diretoria de Inteligência da SSP/PI, DRCI (Delegacia de Repressão a Crimes de Informática); GPE (Gerência de Polícia Especializada); GPI (Gerência de Polícia do Interior); Deam Sul; Polinter; Depre;  Delegacia do Meio Ambiente, com apoio técnico da Perícia Criminal e Perícia da Polícia Federal.

PORTAL R10 

PIAUÍ: Greve dos policiais civis do Piauí já dura 37 dias

A greve da Polícia Civil no Piauí completa nesta quinta-feira (10), 37 dias. Sem negociação, os protestos continuam. Ontem (09), os policiais realizaram atos no Instituto Médico Legal de Teresina (IML) e no Instituto de Criminalística.

Sem negociação, greve dos policiais civis do Piauí já dura 37 dias A intenção do sindicato é fortalecer o movimento com os peritos criminais, médicos e odonto legistas, pois, após decisão unânime do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Piauí (Sinpolpi) é o único e legítimo representante da classe dos peritos do Piauí.

Eles reivindicam reajuste salarial 60% proporcional ao salário dos delegados, e melhorias nas condições de trabalho. Apenas 30% da categoria segue trabalhando, conforme prevê a legislação. Hoje, os policiais se reunirão com deputado o João de Deus na Assembleia Legislativa às 16h. Às 17h o ato acontece na Central de Flagrantes. Na sexta-feira (11), eles realizarão visitas nas delegacias de polícia de Teresina. 

Com Informações portal r10  

Empresário e vereador de Piripiri são presos em ação da PF por fraude no INSS

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje(08) a “Operação Biditos” para desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes a benefícios assistenciais do INSS, concedidos a idosos e deficientes. Dentre os presos há uma servidora do INSS em Parnaíba, um vereador, um empresário e um funcionário público municipal, todos de Piripiri.

A investigação iniciou há aproximadamente oito meses e contou com o apoio da Gerência Executiva do INSS no Piauí.

Estão sendo cumpridos na Operação dez mandados de prisão preventiva, nove de prisão temporária e 29 de busca e apreensão nos municípios de Piripiri, Parnaíba, Brasileira, Cocal, Barras, Tianguá/CE, Tutóia/MA e Paraíso do Tocantins/TO, todos expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Teresina/PI.

O vereador foi identificado como Genival Santos Cordeiro, conhecido como Genival Cigano, que foi preso no Hospital Regional Chagas Rodrigues.

145 Policiais Federais dos Estados do Piauí, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Paraíba e Tocantins estão envolvidos na operação. A deflagração contou ainda com o apoio do Segundo Batalhão da Polícia Militar em Parnaíba/PI.

Em nota, a Superintedência da Polícia Federal no Piauí informou como agia a quadrilha. "Identificou-se na investigação que a organização criminosa recebia mensalmente cerca de 320 benefícios assistenciais fraudulentos e adotava como modo de agir a criação de pessoas fictícias por meio da falsificação de documentos públicos (tais como certidões de nascimento, carteiras de identidade e CPFs, dentre outros), que eram utilizados para a obtenção dos benefícios em diversas agências do INSS no Piauí e Ceará.

Esses benefícios com indícios de fraude causaram um prejuízo efetivo ao INSS no montante de R$ 27.669.685,27. A Justiça Federal já determinou a suspensão de tais benefícios, medida que evitará um prejuízo mensal ao INSS de R$ 305.280,00 e um prejuízo futuro estimado superior a 19 milhões de reais", destacou na nota.

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa (artigo 288 do CPB), estelionato qualificado (artigo 171, § 3º, do CPB), falsidade ideológica (artigo 299 do CPB) e uso de documento falso (artigo 304 do CPB).

A Justiça Federal também determinou o bloqueio de contas bancárias dos presos e a suspensão do exercício da função pública para a servidora do INSS e para o servidor da Prefeitura de Piripiri/PI.

Após a lavratura dos procedimentos legais na Superintendência da Polícia Federal os presos serão encaminhados ao Sistema Prisional, onde ficarão custodiados à disposição da Justiça.

O nome da Operação “BIDITOS” decorre da expressão utilizada por alguns dos membros da quadrilha, que se dizem ciganos, para se referirem aos cartões de benefícios do INSS em seu dialeto.

COM INFORMAÇÕES CIDADE VERDE 

'Sofro abuso': menina usa bilhete para pedir ajuda em escola

Foi com um pedaço de papel, escrito ainda em letras infantis, que uma menina de 11 anos pediu socorro da violência que vivia há pelo menos um ano ao lado das irmãs, de 10 e 12 anos, em Paulínia (SP). "Eu sofro abuso do meu pai", escreveu no bilhete entregue a uma amiga de escola e que foi levado à Polícia Civil pela motorista da van escolar da vítima.

Com o bilhete, relatos das irmãs e o exame que comprovou o rompimento de hímen da menina de 11 anos, a Polícia Civil de Paulínia pediu e cumpriu o mandado de prisão temporária de 30 dias contra o vigilante, de 56 anos, na última sexta-feira (4).

Rodrigo Galazzo, delegado responsável pelo caso, conta que o bilhete foi entregue pela motorista da van na última quinta-feira (3) e que, com apoio do Conselho Tutelar, buscou as garotas nas escolas para colher depoimentos. Com as informações e o laudo médico, conseguiu o pedido de prisão temporária de Rodrigues.

"Foi tudo muito rápido e conseguimos prendê-lo no trabalho", conta.

Segundo Galazzo, o homem confessou que acariciava as filhas, mas negou penetração, informação contraditória ao depoimento da menina cujo laudo comprovou o rompimento do hímen.

(Foto: Fernando Evans/G1)

Após a prisão do pai, as meninas estão com a mãe e devem ser acompanhadas do Conselho Tutelar e psicólogos.

De acordo com Galazzo, o pai está preso temporariamente por estupro de vulnerável na cadeia anexa ao 2º DP de Campinas, e ele deve pedir a preventiva do vigilante ao final de 30 dias.

Fonte: G1

Quadrilha é presa repassando dinheiro falso para clientes de lanchonete

Um grupo foi preso por distribuir dinheiro falso no município de Parnaíba, a 338 km de Teresina (PI), ontem (03). Um dos integrantes, o funcionário de fast food delivery, que trabalhava na entrega dos lanches, trocava o dinheiro verdadeiro pelo falso.

“O proprietário do estabelecimento estava falando das constantes reclamações dos clientes ao dizer que estavam recebendo o troco com dinheiro falso. Fui até o local. Após eu fazer a abordagem no funcionário, descobrimos que ele estava com uma quantia de dinheiro falso no bolso. Com o apoio de uma viatura, ele nos conduziu até um local onde tinha mais umas quatro pessoas.  Todas foram levadas para a Delegacia da Polícia Federal em Parnaíba”, destacou o sargento da Polícia Militar, Fabriciane Monteiro.

O sargento explicou que o dinheiro encontrado no bolso do funcionário estava em cédulas de R$5, R$10 e R$20. “Esses valores ajudava a dar o troco aos clientes, a disfarçar, muitas vezes o cliente confiava, recebia o dinheiro e já colocava no bolso, só percebiam depois porque o local funciona 24 horas, e a entrega ocorria também de madrugada”, acrescentou.

Além disso, o policial ressaltou que o proprietário já chegou a trocar o dinheiro falso pelo verdadeiro, pois alguns clientes foram até o seu estabelecimento cobrando a reposição. 

O Funcionário tinha cerca de R$ 400 reais em cédulas falsas no momento da abordagem. No local onde os demais foram presos, os policiais encontraram aproximadamente  R$ 1 mil em cédulas verdadeiras.  “Acreditamos que esse dinheiro verdadeira seja o dinheiro que ele trocava”. 

"O proprietário nos informou que esse funcionário já trabalhou no local outras vezes, mas essa seria a primeira vez que teria ocorrido. Nas outras vezes que ele trabalhou, não tinha feito esse tipo de crime", complementou  o sargento. 

cidade verde 

7º BPM: Policia realiza barreira no entorno de Corrente em buscas de armas e drogas

A polícia militar através do 7º Batalhão de Polícia Militar de Corrente no comando do major Hortencio vem realizando operações através de blitz no intuito de encontrar armas e drogas no perímetro de Corrente e entorno.

Ontem(02) foram abordados vários veículos em barreiras efetuada na BR 135, Onde os mesmos  foram abordados cerca de 11 veículos com abordagem em seus condutores e passageiros.

Na operação do dia ontem, Não ouve prisões nem apreensões nem de arma nem entorpecentes.

Segundo o comandante as abordagens seguiram sem dia e nem hora marcada.

 

Fotos: ASCOM PM - PI 

Da Redação 89 99906 8076                   

CORRENTE: Ensaio de quadrilha na zona rural termina em confusão, Dois feridos e um morto

Na zona rural de Corrente o que era para ser um simples ensaio de quadrilha acaba em confusão e deixa duas pessoas feridas a bala, Segundo a polícia o Copom da PM-PI, Foi acionado através de um telefonema que na localidade "Beco" zona rural de Corrente, Um sujeito teria efetuado disparos de arma de fogo contra pessoas que estariam ensaiando quadrilha para festas juninas, duas pessoas ficaram feridas.

Resultado de imagem para PLANTAO DE POLICIAA guarnição da força tática(FT) foi deslocada até o local e chegando na ocorrência foi observado que duas pessoas estavam recebendo atendimento do SAMU e encaminhando as vítimas para o Hospital Regional de Corrente.

Ainda segundo a polícia uma testemunha relatou de onde o suspeito estaria escondido em uma casa nas proximidades do crime, A polícia foi até o local e chegando nessa casa foi constado que o suspeito encontrava se no local.

A polícia fez o procedimento para que o suspeito saísse da casa com as mãos para o alto, porem o suspeito não deu ouvidos e saindo da casa já disparando contra os policiais que estavam na diligencia, Vendo os policias que estavam sendo atacado, revidaram e foi efetuado um disparo que atingiu o suspeito que caiu com um revólver calibre 38, O suspeito   veio a óbito em seguida.

O homem(suspeito) foi identificado pela polícia como Paulo Diones Alves Pereira da Mata.

As vítimas atingidas pelo atirador que foram encaminhadas para o HRC onde receberam atendimento é Fabio Felix Farias e Sionara Pereira Louzeiro ambos estão fora de perigo.

A ocorrência foi nessa segunda feira(30) por volta das 19:30 da noite na comunidade BECO região da Santa Marta zona rural de Corrente.   

Da Redação 89 99906 8076                                     

© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados