Irmãos são presos no Piauí por integrar maior facção criminosa do DF

A Polícia Civil do Piauí prendeu durante operação deflagrada na manhã desta terça-feira (13), um casal de irmãos acusado de integrar uma facção criminosa que atua no Distrito Federal. Os nomes dos presos ainda não foram revelados.

Irmãos são presos no Piauí por integrar maior facção criminosa do DFAção conta com as polícias do Distrito Federal, Goiás e Maranhão. A  facção é chamada de ‘Comboio do cão’ e é suspeita de matar ao menos 30 pessoas na capital federal. 

As investigações identificaram que o grupo é o maior no controle do tráfico de drogas na região, tem estatuto e estrutura hierarquizada, não se associa a outras organizações criminosas e está ligado a pelo menos 45 inquéritos de homicídios consumados e tentados que tramitam na polícia local.

A polícia instaurou também uma investigação de lavagem de dinheiro. A Justiça autorizou o sequestro de quantias em contas bancárias de 60 pessoas, 11 imóveis e 17 veículos. Entre os 55 mandados de prisão, 49 decorrem do inquérito que investiga os homicídios e crimes associados, e seis da apuração sobre a lavagem. Um advogado está entre os alvos. 

A operação foi batizada de Rosário por ser, na simbologia religiosa, um objeto de ataque ao demônio, ao qual o nome do grupo criminoso faz alusão. 

Fonte: Com informações do O Globo

VEJA TAMBÉM
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados