Acusado de assassinar brutalmente radialista no Piauí é preso

Uma operação de inteligência envolvendo a Força Tática de Valença, em conjunto com as Polícias Militares dos estados do Ceará, Pernambuco e Bahia, nessa segunda-feira (17), resultou na prisão de Vanderlei Pereira de Andrade, de 37 anos, principal suspeito de assassinar Adão Sá, radialista e ex-candidato a vereador em Lagoa do Sítio-PI. 

Acusado de assassinar brutalmente radialista no Piauí é presoO acusado estava foragido. O crime ocorreu na residência da vítima, no bairro Campestre, em Valença, no dia 02 de setembro e chocou a população local pela forma como ocorreu, visto que o radialista foi brutalmente assassinado a golpes de madeira, vindo a óbito quando era transferido para o Hospital de Urgência de Teresina.

Após o crime, a PM fez diligências mas não encontrou o acusado. O serviço de inteligência da Força Tática iniciou os levantamentos, e descobriu que Vanderlei possuía uma extensa ficha criminal e passagens nos estados de São Paulo, Bahia e Ceará pelos crimes de tráfico de drogas, roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo, receptação, dentre outros.

Os relatos da inteligência apontaram o suspeito como sendo alguém frio e extremamente periculoso. Durante as investigações, a equipe descobriu movimentações do suspeito entre as cidades de Parambu no Ceará, Petrolina em Pernambuco e por último Juazeiro na Bahia.

Após contatos e troca de informações com os setores de inteligência das PMs dos respectivos estados, Vanderlei Pereira foi encontrado, monitorado e preso ontem por policiais militares do Setor de Operações de Inteligência da CIPE – Caatinga na cidade de Juazeiro, onde estava trabalhando vendendo cestas básicas.

Contra o acusado existia um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Dr Juscelino Norberto da comarca de Valença. Vanderlei Pereira encontra-se recolhido na delegacia de Juazeiro – BA.

R10

VEJA TAMBÉM
vida saúde
FIEL 1
FIEL 3
droga centro
FONS
OPT
PA
tecnotica
WIL0002
drga centro 2
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados