Dono de escola particular é preso suspeito de estuprar três crianças

O dono de uma creche-escola particular no bairro Ilhotas, em Teresina, foi preso suspeito de estuprar três crianças. As investigações apontam que os casos de  violência sexual teriam ocorrido dentro do próprio colégio. O empresário, Antônio Monteiro, foi preso na manhã desta sexta-feira (26). Ele estava em casa, situada no mesmo bairro onde fica a escola. 

Resultado de imagem para jetan pinheiro

Delegado Jetan Pinheiro participa das investigações

A prisão foi efetuada pela Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, que deu cumprimento a mandado de prisão preventiva. 

“São denúncias contundentes contra o dono da escola localizada no bairro Ilhotas e os estupros ocorriam dentro da escola. Os relatos são muito fortes”, informou o delegado Jetan Pinheiro, gerente das Delegacias Especializadas, delegado Jetan Pinheiro, que acompanha a equipe da DPCA .

De acordo com o delegado, o inquérito policial já foi concluído e remetido à Justiça. “Hoje cumprimos os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão onde recolhemos notebooks, computadores da escola, tablet e celular pessoal dele para serem submetidos à perícia e detectar qualquer coisa que por ventura ele tenha apagado e que possa ser usado como prova e também para saber se há outras vítimas”, afirmou Jetan Pinheiro. 

A denúncia partiu de uma mãe juntamente com o conselho tutelar há cerca de dois meses lá na DPCA. 

“Ele nega as acusações, mas temos depoimentos das mães, das três vítimas que passaram por exames lúdico-terapêuticos, de professores de forma que está muito embasado. A gente concluiu pelo indiciamento e foi representado pela prisão preventiva”, declarou o delegado.  

A creche-escola funciona do berçário até o 5º ano do Ensino Fundamental. As vítimas teriam idade inferior a 10 anos. O empresário foi  levado para a Polinter.

Cidade Verde

VEJA TAMBÉM
FIEL 1
FIEL 3
CERRADO0002
droga centro
FONS
OPT
PA
tecnotica
WIL0002
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados