Uma quadrilha composta por bandidos considerados perigosos está presa na delegacia de Curimatá desde quarta-feira (28) e os policiais temem que o DP seja invadido por outros membros do bando, na tentativa de resgate dos presos. O grupo foi acusado de planejar explodir agências bancárias e carros-fortes no Piauí, Maranhão e Bahia.

Uma alteração na ficha que faz notificações dos casos de violência que chegam a todos os hospitais públicos e particulares do país vai ajudar a recolher dados sobre agressões contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). O anúncio foi feito hoje (29) pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante assinatura de uma portaria que cria comissão interministerial para combater a violência contra essa população. 

vida saúde
FIEL 1
FIEL 3
droga centro
FONS
OPT
PA
tecnotica
WIL0002
drga centro 2
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados