A Secretaria de Segurança do Piauí confirmou nesta quarta-feira (4) que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) estava articulando uma ação para matar o secretário Fábio Abreu. Por ser parlamentar federal, o assunto foi motivo de reunião entre o gestor e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, em Brasília.  

© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados