É um retrocesso". "É a volta dos delegados militares". "É ilegal". São essas - no mínimo - as reações dos delegados e de policiais civis do estado diante da recomendação do Ministério Público Estadual para que o policial militar possa fazer boletins nos crimes de menor potencial ofensivo. 

orácio Nazareno Lucas estava preso desde junho por ter estuprado a cunhada em 2011. Após a prisão, a família descobriu que o suspeito também tinha estuprado a filha de 13 anos e denunciou o crime à polícia. Ao ser solto para apelar em liberdade, ele foi para casa, agrediu a mulher e matou a adolescente.

vida saúde
FIEL 1
FIEL 3
droga centro
FONS
OPT
PA
tecnotica
WIL0002
drga centro 2
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados