COPA OESTE 2019: Seleção de Corrente X Seleção de Santa Rita de Cassia-BA primeiro embate da semifinal é próximo domingo

No próximo domingo a seleção de Corrente vai ate a cidade de Santa Rita de Cássia-Bahia para o jogo de ida pela copa oeste de futebol 2019.

A nossa Seleção até aqui tem feito mais uma vez muito bonito na competição que entrou no ano passado como convidada e da lá pra cá tem realizado boas partidas e bons jogos na competição que reúne seleções do meio oeste Baiano.

A Seleção de Corrente tem recebido todo apoio especial do prefeito Murilo Mascarenhas que muitos anos defendeu a nossa seleção como atleta e foi da época em nossa seleção viajava para essas competições em um transporte precário de conforto e comodidade.

Diferente de hoje como relata os próprios jogadores e comissão técnica o transporte é confortável e as instalações também tem sido muito elogiada pela comissão técnica através do técnico Dudu que é sós elogios ao suporte que a prefeitura através do prefeito Murilo Mascarenhas tem passado para seu setor de esportes.

Domingo é o primeiro jogo das semifinais e Corrente deve embarcar para Santa Rita de Cassia-BA com

Goleiros: Guga, Tiago, X  

Zagueiros: Micael, Zé Nilton, Danilo,Dionatas  e Junior

Volantes Tarcio, Gavião,Iam, Eriques.

Meio Campo: Luan, Andrei, Alano

Laterais: Wendel e Merô, X,X

Atacantes: Cuscuz, Iury, Maik e Toco

Técnico: Dudu

Preparador de Goleiros: Robson Gomes

Preparador Físico: Sergio Gama.

Da Redação 8999906 8076     

COPA OESTE 2019: Corrente vence SAMAVI em jogo de volta e avança para semifinais

Seleção de Corrente vem fazendo bonito na copa oeste de futebol, competição Baiana em que corrente participa desde ano passado como convidada e tem sido uma convidada que vem dando o que falar nos meio esportivo baiano.

A seleção de Corrente conta com um elenco de jogadores que vem fazendo a diferença e tem um desempenho que não deixa a desejar para as equipes baianas que conta com bons elencos como de Ibotirama atual campeã, Os gols de Corrente foram marcados por Cuscuz, Maik e Yuri. 

O prefeito Murilo Mascarenhas não medido esforços para incentivar o esporte em usa gestão e a seleção tem recebido um apoio que tem arrancado elogios da comissão técnica e dos jogadores da seleção na logística que é necessário para uma competição como essa.

No ultimo sábado (02) em jogo de volta a seleção de Corrente deu um tradicional coco por três a zero na seleção de Santa Maria da Vitória–BA, Que já tinha vencido jogo lá por 2 x 1.

O próximo jogo pelas semifinais já tem data e adversário será dia 17 contra a seleção de Santa Rita de Cássia-BA, Jogo lá e depois aqui em Corrente por fazer melhor campanha vai disputa em casa ainda sem data definida.

 

O Prefeito Murilo foi assistir no meio do torcedor a vitoria da seleção no estadio Paraguasssu e viu e vibrou com um dos gols na vitoria e classificação de sua seleção para a semi final inédita na copa oeste de futebol 2019        

Torcedor de Corrente sendo receptivo com o torcedor de SAMAVI 

Banco da seleção de Corrente em sua comissão técnica o ex prefeito Ribeiro, O preparador Físico Professor Sergio Gama e do lado em Pé lá no final da foto o Preparador de goleiros Robson Gomes 

Técnico Dudu e Comissão na beira do campo orientando sua equipe em mais uma vitória em casa no estádio Paraguassu

Da Redação 89 99906 8076             

Flamengo goleia Grêmio e está na final da Copa Libertadores

O Flamengo fez história nesta quarta (23) no Maracanã ao derrotar o Grêmio por 5 a 0 e se classificar para a final da Copa Libertadores, onde enfrentará o River Plate, da Argentina.

Soccer Football - Copa Libertadores - Semi Final - Second Leg - Flamengo v Gremio - Maracana Stadium, Rio de Janeiro, Brazil - October 23, 2019   Flamengo coach Jorge Jesus and players celebrate after the match   REUTERS/Sergio MoraesCom uma grande exibição, o rubro-negro contou com gols de Bruno Henrique, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Gabigol (duas vezes).

Essa é a segunda vez na história que o Flamengo chega a uma final de Libertadores. Na primeira, em 1981, o rubro-negro foi campeão ao derrotar o Cobreloa, do Chile, na decisão.

O jogo

Apoiado por sua apaixonada torcida, que lotou o estádio do Maracanã, o Flamengo se classificaria para a final com um empate sem gols, ou por uma vitória por qualquer placar após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, realizado em Porto Alegre. Já o Grêmio precisava vencer ou alcançar um empate por qualquer placar acima de 1 a 1. O empate em 1 a 1 levaria para a disputa de pênaltis.

Mas neste jogo decisivo o técnico português Jorge Jesus queria a vitória, e para alcançar seu objetivo surpreendeu ao optar pela entrada de dois jogadores que retornavam de lesão no time titular, o lateral Rafinha e o meia uruguaio Arrascaeta.

Talvez por isso, por ter jogadores fora da forma ideal, mesmo jogando em casa o Flamengo não conseguiu iniciar a partida com o domínio apresentado na partida de ida em Porto Alegre. Assim, as jogadas se concentravam no meio de campo.

A primeira chance de gol clara surgiu aos 10 minutos, quando o atacante Gabigol cabeceou com perigo após cruzamento de Everton Ribeiro.

Mas a equipe carioca errava mais passes do que o natural, e em uma destas falhas o atacante Everton roubou a bola, avançou pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Maicon chegava para finalizar com perigo, mas Filipe Luís conseguiu cortar.

Aos 26 minutos o lateral Rafinha mostrou porque o técnico do Flamengo apostou na sua escalação como titular. Ele cruzou com perfeição para o atacante Bruno Henrique, que, por muito pouco, não abriu o placar.

A partir de então a equipe carioca começou a valorizar mais a posse de bola, dando poucas oportunidades ao time gaúcho.

E esse domínio se traduziu em chance aos 34 quando o uruguaio Arrascaeta recebeu na direita, avançou e chutou por cobertura, mas o goleiro Paulo Victor consegue defender.

Aos 39 o Flamengo chegou novamente com perigo. Gerson tocou em profundidade para Gabigol, que chutou forte para defesa do goleiro do Grêmio.

Primeiro gol

Mas aos 41 minutos não teve jeito. Everton Ribeiro rouba a bola, passa para Bruno Henrique, que puxou rápido contra-ataque e tocou para Gabigol, que chutou para defesa parcial de Paulo Victor. No rebote Bruno Henrique escorou para abrir o marcador.

Esse gol era uma prova de que, após um início igual, o Flamengo começava a se impor com o passar do tempo. E essa superioridade do time carioca ficou evidente com os números do jogo até o intervalo. Flamengo com 63% de posse de bola e 9 finalizações, enquanto o Grêmio tinha 37% de posse de bola e 2 finalizações.

Segundo tempo

E o rubro-negro começou o segundo tempo com velocidade máxima. E com 1 minuto ampliou para 2 a 0. Arrascaeta cobra escanteio, André corta e Gabigol pega de virada para marcar um golaço.

E o que estava bom ficou ainda melhor quando o atacante Bruno Henrique é derrubado pelo zagueiro Geromel dentro da área do Grêmio. O juiz argentino Patricio Loustau, com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), assinala pênalti a favor da equipe carioca.

Aos 10 minutos Gabigol vai para a cobrança e, com muita categoria, desloca o goleiro Paulo Victor para fazer 3 a 0.

Com desvantagem tão grande no marcador o técnico Renato Gaúcho partiu para o ataque com a entrada dos atacantes Pepê e Diego Tardelli.

Mas mesmo com estas mudanças, o Flamengo continuou mandando na partida. E o time carioca chegou ao quarto gol aos 21 minutos. Arrascaeta cobrou ótimo escanteio, e o zagueiro espanhol Pablo Marí subiu muito para deixar o seu.

E o rubro-negro queria mais. Aos 25 minutos Everton Ribeiro cobrou falta com perfeição para gol de cabeça do zagueiro Rodrigo Caio. Noite histórica no Maracanã.

Ao Grêmio, que ficou claramente abatido com o placar, só restou administrar a partida para evitar uma goleada mais elástica, enquanto o Flamengo diminuiu o ritmo satisfeito com a goleada.

Com isso, a vitória de 5 a 0 perdurou até o final, confirmando a classificação do time carioca para a final da Libertadores.

Final

O adversário do Flamengo na final da Copa Libertadores será o River Plate, que, mesmo perdendo por 1 a 0 na última terça para o Boca Juniors, se classificou, pois venceu a partida de ida por 2 a 0.

A final da Libertadores, entre Flamengo e River Plate, acontece no dia 23 de novembro no Estádio Nacional do Chile.

Ficha técnica:

FLAMENGO 5 X 0 GRÊMIO

Competição: Libertadores (semifinal).

Local: Maracanã, Rio de Janeiro.

Juiz: Patricio Loustau (Argentina).

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego) e Arrascaeta (Piris da Motta); Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Vitinho). Técnico: Jorge Jesus.

Grêmio: Paulo Victor; Paulo Miranda, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique e Maicon (Diego Tardelli); Alisson (Thaciano), André (Pepê) e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

Gols: No primeiro tempo: Bruno Henrique (41). No segundo tempo: Gabriel (1), Gabriel (10), Pablo Marí (21) e Rodrigo Caio (25).

Flamengo e Grêmio decidem hoje quem vai à final da Libertadores

O Flamengo recebe o Grêmio no estádio do Maracanã nesta quarta (23), a partir das 21h30 (horário de Brasília), em jogo que definirá um dos finalistas da Copa Libertadores da América.

Resultado de imagem para flamengoCaso a equipe rubro-negra chegue à decisão, vai quebrar um tabu de 38 anos. Ou seja, desde 1981 os cariocas não decidem um título da competição. Naquela ocasião, os flamenguistas conquistaram a sua única Libertadores da história, superando na final o Cobreloa (Chile).

O time titular deverá ser basicamente o que venceu o Fluminense no último domingo por 2 a 0. A dúvida fica por conta de dois possíveis retornos, o lateral Rafinha e o meia Arrascaeta. Os dois estão se recuperando de lesão.

O mais provável é que Rafinha inicie a partida. O jogador passou por uma cirurgia, há nove dias, após sofrer uma fratura no arco zigomático, o osso da bochecha. O jogador voltou aos treinamentos na última quinta e vem mostrando recuperação.

A condição física de Arrascaeta é mais delicada, o atleta passou por uma artroscopia no joelho, há 19 dias, para corrigir o ligamento colateral medial. A tendência é que o uruguaio fique à disposição no banco de reservas. A dupla será reavaliada momentos antes do início da partida.

Em caso de impossibilidade do lateral, Rodinei que o substituiu bem na última rodada do Brasileiro, deve começar jogando. Já Vitinho deve ser mantido como titular na vaga de Arrascaeta.

Possível time

O técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, deve iniciar a partida com: Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson e Everton Ribeiro; Vitinho (Arrascaeta), Bruno Henrique e Gabigol.

O jogo de ida, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, terminou em empate de 1 a 1. Para a equipe rubro-negra avançar à próxima fase terá que vencer ou empatar em 0 a 0. Se o jogo encerrar com o placar de 1 a 1, se classifica quem bater melhor os pênaltis.

Na raça! Com gols de Gabigol e Reinier, Flamengo vence o Fortaleza no Castelão

O Flamengo claramente não fez uma grande partida na noite desta quarta-feira (16 de outubro), mas ainda assim saiu com a vitória fora de casa.

A equipe comandada por Jorge Jesus venceu o Fortaleza de virada, contando com gol no fim de Reinier, e somou mais três pontos na briga pelo título do Brasileirão.

RESUMO DO JOGO

Com muitos desfalques na partida, era nítido a dificuldade de criação do Flamengo no primeiro tempo. Prova disso foi que a equipe carioca não ameaçou o goleiro do Fortaleza nos 45 minutos iniciais. O único perigo do Rubro-Negro surgiu aos 46, com o chute de Reinier dentro da área e o corte providencial do zagueiro Paulão.

O clube cearense, por sua vez, somente conseguiu assustar Diego Alves logo no início, aos nove minutos. Nenê Bonilha fez bela cobrança de falta, mas o goleiro do Fla, que vive grande fase, espalmou e evitou o gol do adversário.

Sem coletivo, o Flamengo se utilizava das jogadas individuais de Vitinho pela esquerda, que até conseguia criar bons lances nos lados de campo, mas parava na marcação eficiente do Fortaleza.

No retorno do intervalo, Jorge Jesus promoveu a entrada do atacante Vitor Gabriel na vaga de Gerson. O Fla voltou melhor para a etapa complementar, com maior movimentação e troca de passes no campo do Fortaleza, porém sem ameaçar o adversário.

Pouco inspirado na partida diante dos muitos desfalques, a equipe carioca acabou levando duro golpe aos 15 minutos, depois de pênalti polêmico marcado para o time da casa. Bruno Melo cobrou com perfeição pelo alto, não dando chance de defesa para Diego Alves.

Também em pênalti marcado depois de desvio na mão, o Flamengo aproveitou e deixou tudo igual na capital cearense, aos 37 minutos. Gabriel foi para a bola, não desperdiçou e chegou ao seu 19º gol no Campeonato Brasileiro.

Quando a equipe não vai bem tecnicamente, cabe muitas vezes ao jogador diferenciado o papel de resolver. E assim aconteceu com o Flamengo, aos 43 minutos, quando Reinier aproveitou a cobrança de lateral na área e desviou de cabeça para marcar o gol de virada do Rubro-Negro fora de casa.

O próximo desafio do Líder do Brasileirão é neste domingo (20), contra o Fluminense. O clássico carioca será às 18h (de Brasília), no Maracanã. O Palmeiras, vice, joga pouco depois, às 19h, contra o Athlético-PR.

Confira tabela  

Gávea News 

Veja a combinação de resultados ideal para o Flamengo na 26ª rodada do Brasileirão

O Flamengo visita o Fortaleza na noite desta quarta-feira (16). Para o jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão, o principal objetivo do Rubro-Negro é permanecer com grande vantagem na liderança do torneio.

E pensando nisso, o site Torcedores realizou um levantamento com a combinação de resultados ideal para o time de Jorge Jesus nesta rodada.

Antes de mais nada, o Flamengo precisa derrotar o Fortaleza fora de casa. É fundamental a vitória sobre o time comandado por Rogério Ceni. Paralelamente, a derrota do Palmeiras seria boa para os cariocas.

O Verdão encara a Chapecoense também na quarta, em São Paulo, no Allianz Parque.

Por fim, outro resultado que interessa ao Flamengo é a derrota do Santos para o Ceará. Todos esses resultados seriam fundamentais para o time de Jorge Jesus. Este cenário permitiria ao Rubro-Negro aumentar ainda mais sua vantagem no topo da classificação do Campeonato Brasileiro. De oito iria para 11 pontos de vantagem

Caso este cenário se concretize, o Flamengo seguiria como líder do torneio. Entretanto, terminaria a rodada com 61 pontos contra 50 do Palmeiras, vice-líder. O Santos permaneceria em terceiro com 48 pontos. Isso restando apenas 12 rodadas para o final do Brasileirão. Com isso, o título estaria muito próximo da Gávea.

Retirado de: Torcedores

CORRENTE: Crianças do SCFV participam do Campeonato Brasileiro de Natação

Crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de vínculos (SCFV) mantido pela Prefeitura Municipal de Corrente, representaram a cidade, no Campeonato Brasileiro de Natação realizado em Brasília-DF.

Para participarem da competição as crianças receberam todo apoio do Prefeito Murilo Mascarenhas, que sempre prioriza o esporte e incentiva a criançada para as práticas esportivas.  

 Além da equipe técnica, a turma estava acompanhada da Secretária Municipal de Trabalho e Cidadania, Sra. Daine Teles. No evento os competidores foram brindados com kits de natação.

 

ESPORTE: Jiu-Jitsu de Corrente e Sebastião Barros vencem e conquistam medalhas em competição na BA

O esporte de Corrente além da seleção de Corrente que jogou e perdeu para Formosa do Rio Preto-BA por 3 x 0 pela copa oeste de futebol 2019, Tivemos em quadra atletas que nos deram alegria no tatame onde nossos jovens fizeram bonito no jiu-jitsu.

Triunfo dos atletas Correntinos e Sebarienses de Jiu- Jitsu no Open Formosa-BA 2ª Edição 

Foto da equipe que representou as cidades do Piaui na Bahia nesse domingo(13/10/2019)      

Apesar das dificuldades financeiras para os municípios de Corrente e Sebastião Barros como alega os organizadores do esporte por aqui, mais os nossos atletas tem feito bonito e dado um drible nas dificuldades para participar das competições na região.

O resultado foi muito bom pois a nossa caravana de atletas chegaram mais uma vez por aqui em suas bagagens muitas medalhas.

 Um recado que possa chegar ao poder publico e a iniciativa privada em Corrente e Sebastião Barros e que possam investi na área que tem retorno garantido só em levar o nome da cidade e da sua marca em um esporte bonito como o jiu-jitsu.

Confira imagens com os nossos atletas campeões.  

 

Da Redação 89 99906 8076                     

Presentão! Aniversariante, Vitinho ganha credenciais de solução em meio a desfalques no Flamengo

Vitinho já teve altos e baixos no Flamengo. Desde que chegou no meio do ano passado, oscilou bons jogos com atuações apagadas. Agora vive sua semana mais protagonista com a camisa rubro-negra: no domingo, foi dele o passe para o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense; e quinta-feira, teve a noite de maior brilho com duas assistências e golaço no 3 a 1 em cima do Atlético-MG. O atacante, que fez 26 anos na quarta, ganhou de presente pontos importantes com Jorge Jesus e a torcida.

Presentão! Aniversariante, Vitinho ganha credenciais de solução em meio a desfalques no FlamengoMais do que isso, o camisa 11 atravessa sua melhor fase a poucos dias do jogo de volta contra o Grêmio, em 23 de outubro, valendo uma vaga na final da Libertadores, e se credenciou a ser o substituto de Arrascaeta. Na ausência do uruguaio, recém-operado, e de Gabigol, que está com a Seleção, Vitinho vem ganhando oportunidades e as está aproveitando. Após a partida, ele agradeceu ao Mister pelas chances:

– Ele tem tido paciência, procurado tocar nos pontos que eu preciso evoluir e me passar confiança. Ele tem me elogiado. O Jesus tem sido fundamental, e hoje me sinto mais preparado e mais confiante para jogar – disse o atacante.

 
Assistência 1: Vitinho acha Bruno Henrique na área

Assistência 1: Vitinho acha Bruno Henrique na áreaAssistência 2: Vitinho cobra falta na cabeça de Arão

 

Assistência 2: Vitinho cobra falta na cabeça de ArãoGol: Vitinho ginga sobre marcadores e bate cruzado para fazer pintura

 

Gol: Vitinho ginga sobre marcadores e bate cruzado para fazer pintura

 
 
Assistência 3: Vitinho usa a cabeça para servir Reinier

Assistência 3: Vitinho usa a cabeça para servir Reinier

 A noite, no entanto, não começou fácil. Como ocorre com certa frequência, o camisa 11 ouviu vaiais no Maracanã. Não foram muitas, mas são recorrentes, apesar de Vitinho ter mostrando que estava a fim de jogo desde o início. Respondeu com gol no momento em que o Flamengo mais precisava, após o empate do Atlético-MG, mas demonstrou nitidamente incômodo ao não comemorar até ser incentivado pelos companheiros. E viu as vaias se transformarem em ovação.

– Representa o trabalho que a gente vem desempenhando, com o suporte do clube, dos companheiros, da comissão e do Mister. Pude fazer o meu melhor e ajudar a equipe e fico muito feliz. O mais importante era manter o ritmo e o nível que a equipe vem tendo. E assim aproveitar a oportunidade.

 Jesus pede carinho

 Reagir bem às vaiais não é novidade para Vitinho. Contra o CSA, por exemplo, ele abriu o caminho da vitória justamente quando ouvia as primeiras queixas da torcida em Brasília. Na ocasião, lamentou e disse que não dava para entender. Não é sempre, no entanto, que as vaias são sucedidas de gols. Jorge Jesus elogiou o atacante e pediu carinho da torcida, que ovacionou o jogador ao ser substituído.

– O Vitinho é um jogador especial por suas características. É especial da forma que ele sente os aplausos positivos ou negativos... É um jogador que tem dificuldade de conviver com determinada situação. Por isso, é importante a ovação que ele recebeu – alertou o português em entrevista coletiva após a vitória sobre o Atlético-MG.

 
Jesus e João de Deus com Vitinho durante trabalho na academia — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Jesus e João de Deus com Vitinho durante trabalho na academia — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo 

O treinador, aliás, sempre foi um admirador do futebol de Vitinho. Jesus o elogiou internamente nas primeiras semanas de trabalho no Brasil. Vitinho foi titular na estreia do português, contra o Athletico-PR, mas sofreu uma lesão no joelho, no fim de julho, foi operado e ficou um mês fora. Perdeu espaço e demorou a ganhar novas oportunidades.

A tão desejada sequência surgiu em outubro, devido a lesões e convocações em Data Fifa – Berrío, que vinha entrando primeiro nas substituições e parecia à frente na fila, também se machucou. E Vitinho, que chegou a 10 gols em 66 jogos pelo Flamengo, sendo sete em 2019, vem tendo oportunidade de mostrar que pode ser importante em um momento decisivo da temporada. E está se credenciando para isso.

– Ele foi muito importante para a vitória e para confirmar o talento que tem. Vem de um mês e meio parado, e é importante que recupere essa qualidade. Contra a Chapecoense serviu o Bruno, hoje serviu o Arão. Isso tudo é importante – destacou Jesus.

Com Vitinho no provável time titular, o Flamengo volta a campo no domingo e vai a Curitiba enfrentar o Athletico-PR, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada. O Rubro-Negro é o líder do Campeonato Brasileiro com 55 pontos, oito à frente de Santos e Palmeiras, segundo e terceiro colocados respectivamente.

Fonte: GE 

Flamengo entra em campo para abrir 8 pontos de vantagem na liderança do Brasileirão

Uma vitória sobre o Atlético-MG na noite desta quinta-feira acaba o campeonato? Matematicamente, não, mas tem muito torcedor empolgado com a possibilidade de o Flamengo abrir oito pontos de vantagem sobre o segundo colocado.

Resultado de imagem para Flamengo entra em campo para abrir 8 pontos de vantagem na liderança do Brasileirão Após a vitória do Santos sobre o Palmeiras por 2 a 0, o Peixe assumiu a vice-liderança do Brasileirão, com 47 pontos. O rubro-negro tem 52, e se derrotar o Galo a partir das 20h, no Maracanã, chega a 55 – uma grande vantagem.

Claro que ainda falta muito para a competição acabar, precisamente 15 jogos, contando com o embate desta noite, mas o Flamengo pratica o melhor futebol do Brasil. Os números comprovam. Tem o melhor ataque, o maior número de vitórias e 75,4% de aproveitamento.

Para o confronto com o Atlético-MG, o Flamengo defende uma invencibilidade de 18 jogos no Maracanã. A última derrota no estádio foi no dia 3 de abril, contra o Peñarol, pela Libertadores da América.

O técnico Jorge Jesus tem alguns problemas para escalar a equipe. Não pode contar com Gabigol e Rodrigo Caio, que defendem a seleção brasileira. Lesionados, Arrascaeta e Filipe Luís continuam de fora. A única dúvida do técnico português é saber quem entra no lugar de Rodrigo Caio. Thuler é o favorito. Assim, o Flamengo deve jogar com Diego Alves, Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson e Éverton Ribeiro; Vitinho, Bruno Henrique e Reinier.

Do lado atleticano, o técnico Rodrigo Santana também tem desfalques. Luan está suspenso, Cleiton e Guga defendem a seleção brasileira sub-23. Otero foi convocado para a seleção venezuelana. Chará e Réver seguem no departamento médico. O Galo deve entrar em campo com Wilson, Patric, Iago Maidana, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Elias, Nathan, Cazares e Vinícius; Di Santo.

No jogo de ida, no primeiro turno, o Atlético venceu por 2 a 1, no Independência. Na ocasião, o Galo era apontado como um dos favoritos ao título. Hoje, na 11ª posição, será que dá para repetir a vitória sobre o líder, só que agora fora de casa? Quem responde é Cazares.

 

“Como se fala, Atlético-MG e Flamengo é tradição. Para a gente é lindo o confronto. Não é qualquer um que tem o privilégio de jogar uma partida dessa. A gente está feliz, não é todo dia que se vê um jogaço assim. A gente vai correr, vai lutar e espera ganhar, porque também são jogadores, não são máquinas. Já ganhamos deles aqui e também podemos ganhar deles lá”.

Grêmio e Flamengo empatam em 1 a 1 na semifinal da Libertadores

Grêmio e Flamengo empataram em 1 a 1 no primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores, disputado nesta quarta (2) em Porto Alegre.

Soccer Football - Brasileiro Championship - Cruzeiro v Flamengo - Mineirao Stadium, Belo Horizonte, Brazil - September 21, 2019   Flamengo's Gabriel during the match   REUTERS/Washington AlvesOs 51.406 torcedores presentes na Arena do Grêmio viram uma partida muito movimentada, na qual o VAR (árbitro de vídeo) teve atuação decisiva.

Flamengo melhor

Mesmo jogando fora de casa, o time carioca começou melhor a partida. E a primeira chance de gol saiu dos pés de Arrascaeta, que chuta com perigo aos 8 minutos após boa jogada de Bruno Henrique.

Um minuto depois é o próprio Bruno Henrique que finaliza com perigo. Após passe de Everton Ribeiro ele avança e chuta forte da entrada da área. A bola ainda raspa na trave do gol de Paulo Victor.

Finalmente, aos 10 minutos, Alisson cria a primeira chance do Grêmio. Ele finaliza de fora da área, mas a bola passa por cima do gol.

VAR em ação

O Flamengo tanto pressionou que chegou a colocar a bola no fundo da rede do gol do Grêmio aos 19 minutos com Everton Ribeiro. Porém, após checar o lance com auxílio do VAR, o árbitro argentino Néstor Pitana anula o gol em razão de falta do atacante Gabriel Barbosa sobre o zagueiro argentino Kannemann.

Quatro minutos depois o Flamengo teve novo gol anulado pelo árbitro com auxílio do VAR. Gabriel recebe de Bruno Henrique e chuta para vencer o goleiro Paulo Victor, que falha na defesa. Porém, o camisa 9 do Flamengo estava impedido, por muito pouco, no momento que recebeu o passe.

No final do segundo tempo o jogo cai de intensidade. E o empate prevalece até o intervalo. O balanço até este momento é de um Flamengo muito superior, com 66% de posse de bola e 3 chances claras. Já o Grêmio demonstra muito nervosismo e encontra dificuldades de impor seu jogo, não criando nenhuma oportunidade clara.

Gols no 2º tempo

A segunda etapa começa com a mesma dinâmica, com o Flamengo ocupando o campo do Grêmio, que se posta na defesa em busca de uma oportunidade de contra-atacar.

Mas aos 4 minutos o Grêmio chega com perigo. Matheus Henrique lança na ponta direita para Rafael Galhardo, que avança sozinho para cruzar. Porém, a defesa rubro-negra corta para fora.

Aos 9 minutos o Grêmio tem mais uma oportunidade clara em cobrança de falta da intermediária. Rafael Galhardo levanta na área. A defesa do Flamengo corta parcialmente e Luan chuta por cima do gol de Diego Alves.

Dois minutos depois é a vez de o time carioca levantar a bola na área do tricolor. Everton Ribeiro cobra falta e Rodrigo Caio desvia, mas a bola vai para fora.

Aos 13 minutos nova oportunidade do Grêmio. Alisson faz tabela com Tardelli e chuta forte. Mas a bola explode na defesa do Flamengo. O tricolor gaúcho começa a se soltar na partida.

E aos 18 minutos o Grêmio tem uma chance muito clara. Em contra-ataque Luan toca em profundidade para Everton, que finaliza forte para defesa da Diego Alves.

Um minuto depois o goleiro rubro-negro volta a fazer nova defesa difícil. Matheus Henrique chuta forte de fora da área após trama do ataque gremista.

Com o ímpeto ofensivo do Grêmio o Flamengo passa a valorizar a posse de bola para controlar o adversário, e para buscar a melhor chance de gol.

E essa oportunidade surge aos 23 minutos. Gerson toca para Arrascaeta, que cruza da direita para a esquerda. Bruno Henrique ganha no alto de Galhardo e cabeceia para abrir o marcador para o Flamengo.

Empate gremista

Com a desvantagem no placar o Grêmio sai para o ataque e começa a dar espaços para a equipe carioca.

E este espaço dá oportunidade ao Flamengo de contra-atacar. E em um destes contra-ataques Willian Arão recebe na área e chuta cruzado. Gabriel aproveita a liberdade e vence o goleiro Paulo Victor aos 34 minutos. Mas o árbitro anula o gol com auxílio do VAR ao indicar impedimento do camisa 9 do rubro-negro.

Aos 38 o time carioca tem nova chance clara, desta vez com Bruno Henrique, que avança sozinho pela esquerda, dribla David Braz e chuta com perigo para defesa do goleiro gremista.

Mas quando tudo parecia indicar que o Flamengo ficaria com a vitória, o Grêmio consegue empatar com Pepê aos 42 minutos. O Grêmio puxa contra-ataque e Everton recebe na grande área para bater cruzado. O jovem Pepê, que entrou no segundo tempo, aproveita a bola para escorar para o fundo das redes. Empate em 1 a 1, resultado final.

Com o placar desta quarta em Porto Alegre fica tudo em aberto para o jogo de volta, que acontece em 23 de outubro no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Com o resultado de hoje, o Flamengo avança com vitória por qualquer placar e empate sem gols. Já o Grêmio precisa vencer ou empatar por qualquer placar acima de 1 a 1. O empate em 1 a 1 leva para a disputa de pênaltis.

Ficha técnica:

GRÊMIO 1 X 1 FLAMENGO

Competição: Libertadores (semifinal).

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre.

Juiz: Néstor Pitana (Argentina).

Grêmio: Paulo Victor; Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Michel (Maicon), Matheus Henrique e Luan; Alisson (Pepê), Everton e Diego Tardelli (André). Técnico: Renato Gaúcho.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gerson (Piris da Motta) e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Vitinho). Técnico: Jorge Jesus.

Gols: No segundo tempo: Bruno Henrique (23) e Pepê (42).

EBC 

Com estratégias diferentes, Flamengo e Grêmio jogam em Porto Alegre

Em alta no Brasil, os técnicos dos dois semifinalistas do país na Copa Libertadores da América utilizam planejamentos diferentes para disputar competições distintas.

Resultado de imagem para Com estratégias diferentes, Flamengo e Grêmio jogam em Porto AlegreO técnico Jorge Jesus, que estreou no Flamengo em 10 de julho em jogo contra o Athletico-PR pela Copa do Brasil, poucas vezes poupou seus titulares. Em diversas entrevistas o português já deixou claro que não é a favor de modificar toda a equipe de um jogo para o outro, independente do formato da competição. Na concepção de Jesus, em determinadas circunstâncias algumas alterações pontuais podem ser feitas, como aconteceu contra o São Paulo no último sábado no empate por 0 a 0 pelo Brasileirão. O treinador rubro-negro iniciou com Rafinha, Filipe Luís e Gerson, titulares absolutos, no banco de reservas.

Coincidentemente, Renato Portaluppi fez sua primeira partida como treinador do Grêmio também contra o Athletico-PR e pela Copa do Brasil, no dia 21 de setembro de 2016. Nestes mais de 3 anos à frente do clube gaúcho Renato geralmente poupou os titulares no Campeonato Brasileiro em datas próximas a competições em formato de mata-mata, como a Copa do Brasil e a Libertadores. E no último domingo não foi diferente na derrota por 2 a 1 diante do Fluminense no Maracanã, os 11 jogadores que devem começar jogando contra o Flamengo sequer viajaram para o Rio de Janeiro.

O comparativo da média de idade das duas prováveis equipes titulares mostra equilíbrio, o rubro-negros têm 28,09 anos, enquanto os tricolores possuem 28,18 anos.

Flamengo preparado

Sobre as diferentes opções dos dois técnicos, o volante do Flamengo, Willian Arão, diz que o grupo está preparado para encarar o Grêmio: “Está todo mundo 100%. Estamos preparados mentalmente, fisicamente e taticamente. Chegamos para este jogo nas melhores condições. Se uma outra equipe opta por poupar todo mundo não é um problema nosso, temos é que pensar na gente. Aquele jogador que o mister optar por colocar em campo tenho certeza que vai estar nas melhores condições para ajudar o Flamengo”.

O Flamengo tem apenas dois jogadores sem condições de entrar em campo, na Arena Grêmio, às 21h30, contra o tricolor gaúcho. O meia Diego e o atacante Lincoln, ambos se recuperando de lesão.

Pelo jogo de ida das semifinais, os visitantes devem iniciar jogando com Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson e Éverton Ribeiro; Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

Athletico-PR derrota Inter por 2 a 1 e conquista Copa do Brasil

O Athletico-PR fez história na noite desta quarta (18) ao derrotar o Internacional por 2 a 1 em pleno Estádio do Beira Rio e garantir o seu primeiro título da Copa do Brasil.

Resultado de imagem para Atlético-PR derrota Inter por 2 a 1 e conquista Copa do BrasilO time paranaense chegou a esta partida com vantagem, pois no primeiro jogo da decisão, realizado na Arena da Baixada, venceu por 1 a 0.

O jogo

Com a derrota em Curitiba o Internacional chegou pressionado ao jogo final da Copa do Brasil. Precisava fazer de tudo para marcar gols para sonhar com o título. E para alcançar este objetivo contava com o apoio de sua apaixonada torcida, que lotou o Beira Rio.

Assim, o Inter começa a partida se posicionando no ataque, marcando a saída de bola do time paranaense, mas dando espaços para contra-ataques.

E a primeira chance clara do time gaúcho não demorou a aparecer. O uruguaio Nico López aproveita bola escorada pelo peruano Guerrero dentro da área e finaliza com perigo com 1 minuto de bola rolando. Porém, o goleiro Santos faz bela defesa.

Mas quem balançou as redes primeiro foi o Athletico. Aos 23 minutos do primeiro tempo Rony puxa rápido contra-ataque, toca para o atacante argentino Marco Ruben, que cruza a bola para o centro da área adversária, onde Léo Cittadini domina e bate na saída do goleiro Marcelo Lomba para abrir o marcador.

Empurrado por sua apaixonada torcida o Internacional não desanima e continua pressionando o adversário. Tanto tenta que empata o placar aos 30 minutos. Após cobrança de escanteio a bola fica viva na área do time paranaense. Lindoso chega a acertar o travessão do gol de Marcelo Lomba. Mas é o uruguaio Nico López que coloca a bola no fundo da rede.

Animado com o gol de empate o Internacional aumenta a pressão, enquanto o Athletico aguarda uma boa oportunidade de contra-atacar. Mas nenhuma das equipes consegue criar chances claras, e o empate perdura até o intervalo.

Golaço no final

Tendo a necessidade de marcar mais gols para ficar com o título o técnico Odair Hellmann faz uma mudança ousada no retorno do intervalo, tira o meia Patrick e coloca o atacante Rafael Sóbis.

E a primeira chance clara do Inter na etapa final sai justamente dos pés do atacante. Aos 8 minutos ele cobra falta da intermediária com muita força. Mas o goleiro Santos consegue defender.

Aos 10 minutos Sóbis cria uma nova oportunidade. Ele recebe na esquerda após cobrança de escanteio e cruza com perigo para a área do Athletico, onde o zagueiro Victor Cuesta cabeceia para fora.

Mas após esta pressão inicial o time paranaense começa a administrar a vantagem, mantendo o Inter distante da sua área.

A estratégia do time paranaense funciona, e a equipe gaúcha passa a criar muito pouco. Já o Athletico fica à espera de uma oportunidade de contra-atacar em velocidade.

E aos 46 minutos o Athletico tem a chance mais clara do segundo tempo até então. Rony avança sozinho pela esquerda e toca para o meio da área, onde está Marcelo Cirino. Mas Edenílson consegue cortar e impedir um gol certo.

Mas aos 51 minutos não tem jeito. Marcelo Cirino recebe na esquerda, dá um lindo drible de costas em Edenílson e toca para Rony, que apenas escora a bola para o fundo da rede do gol de Marcelo Lomba. Golaço para confirmar o título.

Título inédito

Com a vitória de 2 a 1 o Athletico vence pela primeira vez a Copa do Brasil. A equipe já havia tido a oportunidade de ficar com o título em 2013, mas acabou sendo derrotada na decisão pelo Flamengo. Mas diante do Internacional a história é diferente. E o final é feliz.

Ficha técnica:

INTERNACIONAL 1 X 2 ATHLETICO-PR

Competição: Copa do Brasil (final).

Local: Beira Rio, Porto Alegre.

Juiz: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

Internacional: Marcelo Lomba; Bruno (Nonato), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson e Patrick (Rafael Sóbis); Nico López, Paolo Guerrero e Wellington Silva (Guilherme Parede). Técnico: Odair Hellmann.

Athletico-PR: Santos; Khellven (Madson), Robson Bambu, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Léo Cittadini (Lucho González), Bruno Guimarães e Nikão; Rony e Marco Ruben (Marcelo Cirino). Técnico: Tiago Nunes.

Gols: No primeiro tempo: Léo Cittadini (23) e Nico López (30). No segundo tempo: Rony (51).

Flamengo e Santos disputam neste sábado título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileirão

O Flamengo deve entrar em campo com força máxima para o jogo contra o Santos, neste sábado, às 17h, no Maracanã.

Resultado de imagem para flamengo e Santos disputam neste sábado título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileirão Com os retornos de Bruno Henrique, Arrascaeta e Berrío, que estavam defendendo suas seleções nacionais, o técnico Jorge Jesus terá à disposição todos os jogadores do elenco.

 A tendência é que o Rubro-Negro inicie a partida escalado com Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

 Com 41 gols marcados no Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem o melhor ataque da competição.

 O segundo melhor aproveitamento no setor ofensivo é o do Santos. O Peixe já balançou as redes dos adversários 30 vezes. São 11 gols a menos que o Flamengo, mas Éverton Ribeiro acredita que há um equilíbrio na disputa.

 “Eu vejo muitos times com ataques poderosos, que fazem diferença nos jogos, mas a nossa equipe é equilibrada. Só temos bons números na frente porque nossa defesa vem sabendo construir a jogada, desde o Diego Alves até chegar ao gol. Temos ainda muito a melhorar, mas somos muito equilibrados e sabemos que há outras equipes que sabem atacar e fazem grandes jogos”.

 Do lado do Santos, o atacante Marinho sabe que vai ser complicado. Inclusive, jogou o favoritismo para o Flamengo no confronto deste sábado.

 A partida vale o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Se vencer, o Santos assume a ponta da classificação, e Marinho está preparado para a pressão no Maracanã.

 “Provavelmente vai ser o jogo mais difícil do primeiro turno, pelo investimento e pela torcida eles são os favoritos. Todo time que joga em casa é favorito, e também pelo que vocês da imprensa falam diariamente. Minha expectativa vai ser sempre a melhor para a equipe. Vamos fazer o nosso melhor lá e o que vale é poder surpreender, conseguir a vitória e todo mundo sair feliz”.

 Por mais que seja simbólico, o “título” do primeiro turno do Campeonato Brasileiro mostra indícios do que pode ocorrer no fim da competição. Desde 2003, quando passou a ser disputado por pontos corridos, em apenas quatro anos o campeão do primeiro turno não levou o título do Brasileirão (2008, 2009, 2012 e 2018). A tendência é o líder da primeira fase abrir vantagem e levantar o caneco na última rodada.

EBC  

Dois brasileiros disputam título da Fifa de melhor goleiro do mundo

Os goleiros brasileiros Alisson Becker, do clube inglês Liverpool, e Ederson, do também inglês Manchester City, estão na disputa pelo título de melhor goleiro do mundo deste ano, no prêmio da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Além deles, está na disputa o alemão Marc-André ter Stegen, que atua no time espanhol Barcelona.

Eles não são os únicos brasileiros a disputar o prêmio da Fifa. Uma brasileira, Silvia Grecco, concorre ao prêmio de torcedores, por descrever os jogos do Palmeiras para seu filho, que é cego. Ela disputa com o uruguaio Justo Sánchez, que não perde um jogo do time rival em memória ao seu filho falecido e os torcedores holandeses, por sua atuação na Copa do Mundo feminina da França.

Assim que pisou gramado do Beira Rio, Alisson, que jogou no Internacional,foi aplaudido pela torcida
Alisson, do Liverpool da Inglaterra e da Seleção Brasileira disputa o título de melhor goleiro do mundo deste ano - Lucas Figueiredo - CBF

Entre os jogadores de linha, no entanto, nenhum brasileiro. O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi disputam o título com o holandês Virgil van Dijk. Entre as mulheres, as finalistas são a inglesa Lucy Bronze e as norte-americanas Alex Morgan e Megan Rapinoe. As goleiras que disputam o título são a chilena Christiane Endler, a sueca Hedvig Lindahl e a holandesa Sari van Veenendaal.

Há ainda prêmios para melhores técnicos homens (o espanhol Pep Guardiola, o alemão Jürgen Klopp e o argentino Mauricio Pochettino) e mulheres (a norte-americana Jill Ellis, a inglesa Phil Neville e a holandesa Sarina Wiegman).

O prêmio Puskás, que premia o gol mais bonito do ano, tem como finalistas Messi, o colombiano Juan Fernando Quintero e o húngaro Dániel Zsóri. Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia no Teatro alla Scala, em Milão (Itália), no próximo dia 23.

ebc 

Análise: Flamengo de Jesus atrai Inter para arapuca e é letal para abrir vantagem na Libertadores

“Fomos um time experiente”. A frase que passou despercebida entre tantas nos mais de 40 minutos de entrevista coletiva de Jorge Jesus define bem o que levou o Flamengo aos 2 a 0 sobre o Internacional, na abertura das quartas de final da Libertadores. Some a isso duas características que chegam a reboque da experiência: paciência e eficiência.

Venceu o duelo da noite de quarta-feira no Maracanã a equipe que fez mais por onde. Disso não há dúvidas. E não estamos falando só pelos 70% de posse de bola, mais do triplo de passes trocados (488 x 134) ou as cinco chances claras contra uma. Por conceito de jogo, o Flamengo mostrou diante do torcedor ser uma equipe que joga futebol, enquanto o Inter tenta impedir que o adversário tenha êxito.

Com exceção de bolas esticadas para um Guerrero nervoso e amplamente dominado por Rodrigo Caio, o Colorado se limitou a defender e catimbar a maior parte do jogo. Quando esboçou colocar as mangas de fora, foi castigado. E por quê? Pela experiência, paciência e eficiência do Flamengo.

 
O time rubro-negro soube se impor diante do Colorado — Foto: André Durão

O time rubro-negro soube se impor diante do Colorado — Foto: André Durão

 

Mesmo com mais de 60 mil vozes empurrando nas arquibancadas, o time de Jorge Jesus não se deixou levar pela emoção. Buscou o ataque, sim, o tempo todo, mas de forma ordenada. E se era difícil furar a retranca gaúcha, tinha consciência de que o 0 a 0 não era tão ruim assim. Sofrer gol em casa era proibido.

O Flamengo em momento algum se mandou ao ataque. A todo instante procurou espaços, procurou trabalhar as jogadas, procurou ditar o ritmo de um jogo que se não era ao seu feitio também não era perigoso. Característica de uma equipe madura - vital para um mata-mata.

Fosse no primeiro tempo com um baleado Arrascaeta ou no segundo com um acelerado Gerson, o Flamengo repetiu uma característica que já tinha ficado evidente no clássico com o Vasco: manter consolidada a estrutura coletiva para quando o talento individual pudesse entrar em ação. E assim foi.

O relógio já passava dos 70 minutos, e Odair Hellmann acreditou demais que tinha o adversário controlado. Lançou Wellington Silva e Nico Lopez, saiu para jogar, e deu o que o Flamengo esperava e precisava: campo.

Toques rápidos e verticais abriram o jogo e furaram a defesa há 500 minutos invicta. Filipe Luís, Éverton Ribeiro, Gabigol, Gerson... Todos tiveram participações importantes nos dois gols de Bruno Henrique com a mesma característica: o passe rápido e para frente.

 
A vitória no Maracanã deixa o Fla mais perto das semifinais da Libertadores — Foto: MARCELO DE JESUS/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDOA vitória no Maracanã deixa o Fla mais perto das semifinais da Libertadores — Foto: MARCELO DE JESUS/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

A vitória no Maracanã deixa o Fla mais perto das semifinais da Libertadores — Foto: MARCELO DE JESUS/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

 O Flamengo de Jorge Jesus a cada dia dá mostras de evolução. O time intenso (maior cobrança do português) aprendeu a ser experiente, paciente e eficiente. O Inter sentiu na pele e terá que quebrar a cabeça para elaborar uma estratégia se quiser dar a virada na quarta que vem, no Beira-Rio.

Sem poder sofrer gol e tendo que tirar desvantagem de dois, o Colorado tem pela frente um adversário que aprendeu a se moldar durante os jogos, mas sem perder a característica ofensiva. É uma espécie de “se correr, o bicho pega. Se ficar, o bicho come”.

G1 

Jiu-Jitsu de Corrente mais uma vez é destaque na Bahia confira aqui

Com a presença de mais de 200 atletas inscritos, a delegação Correntina mostrou sua força em evento realizado pela Federação Baiana de Jiu-Jitsu Olímpico (FBJJO) nesse domingo (18 de agosto).

JIU-JITSU CORRENTINO É DESTAQUE NO OESTE BAIANOO evento contou com casa cheia, os vencedores na disputa do absoluto (sem divisão de pesos) estariam credenciados a disputar o campeonato nacional em Brasília-DF em data ainda há ser definida, acirrando ainda mais a disputa.

Os Correntinos não tomaram conhecimento das dificuldades e foram em busca do sonho de reconhecimento do esporte, e não fizeram feio, medalhas e pódios em praticamente todas modalidades disputadas, inclusive do absoluto.

 Um dos atletas participantes (Expedito Basílio) disse que o foco é expandir o esporte e a filosofia deste para todo o município, criando assim, mais uma modalidade esportiva no município, dando a cidade mais uma opção de lazer, bem estar e cuidados com a saúde, e ainda, fazendo um apelo por apoio e incentivo.

            “Estamos focados e treinando firme para sermos reconhecidos como um esporte Correntino, a filosofia desse esporte traz uma nova perspectiva de vida, cuidando do corpo e mente, aliviando o stress do dia-a-dia, só que sabemos que isso não vem do dia pra noite, mas, vamos vencer essa luta! Hoje tivemos o apoio da Tozzi, mais sabemos que precisamos do apoio da prefeitura e dos empresários locais para tornar o Jiu-Jitsu Correntino uma referência”.

Fonte Portal r10

Brasil faz história nos Jogos Pan-Americanos de Lima

Os jogos Pan-Americanos de Lima terminam amanhã (11) e a equipe brasileira tem feito história. Até agora são 142 medalhas conquistadas, sendo 46 de ouro, 37 de prata e 59 de bronze, mas o Brasil está na disputa em várias modalidades.

Brasil ganha medalha no atletismoO país caminha para seu melhor desempenho na história dos jogos. O melhor resultado foi em 1963, em São Paulo, quando ficou em segundo no quadro de medalhas. Na ocasião, porém, foram 52 medalhas no total. Atualmente o número de países participantes, modalidades e atletas é muito maior.

As competições de hoje poderão trazer mais medalhas e chances de ouro, para consolidar o Brasil em segundo lugar no quadro geral. O país está na final do golfe masculino e feminino; no remo, e nas categorias de quatro remos e oito remos masculino. O Brasil também briga por medalha em finais na vela, no ciclismo de estrada e na patinação de velocidade.

Estarão em disputa ainda o bronze no polo aquático feminino, contra Cuba, e na natação 1.500 metros estilo livre masculino e 1.500 metros masculino e feminino. No basquete feminino, a seleção brasileira disputa a medalha de ouro contra os Estados Unidos.

No tênis de mesa feminino, o Brasil pode garantir uma medalha se vencer os Estados Unidos em uma das semifinais. Ontem (9) à noite, Jéssica Yamada e Caroline Kumahara venceram as chilenas por 3 sets a 0. Na mesma situação está o time feminino de vôlei. A vitória por 3 x 0 sobre os Estados Unidos garantiu a seleção na semifinal, hoje, contra a Colômbia.

AGENCIA BRASIL 

Jornalista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos

narrador esportivo Juarez Soares, 78 anos, morreu nesta terça-feira (23/07/2019). O contemporâneo e amigo de profissão de referências como Luciano do Valle e Silvio Luiz lutava contra um câncer e faleceu por volta das 13h, em São Paulo, na Santa Casa de Misericórdia.

Divulgação/TV GloboJuarez Soares era conhecido como “China” e teve trabalhos marcantes pela RedeTV!, Globo, SBT, Bandeirantes e na Record.

metropole 

Com gol de pênalti e demora do VAR, Corinthians e Flamengo empatam pelo Brasileiro

Corinthians e Flamengo empataram pelo placar de 1 a 1 em partida da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada na Arena Corinthians, neste domingo (21). Os gols foram marcados pelo corintiano Clayson, de pênalti, e por Gabriel, do Flamengo, ambos no segundo tempo.

Resultado de imagem para gabigolO Corinthians começou o jogo tentando aproveitar os contra-ataques, deixando as principais ações ofensivas para os cariocas. O gol, no entanto, saiu em um momento em que a equipe paulistana equilibrava a posse de bola, indo mais à frente. Aos 12 minutos da segunda etapa, o árbitro marcou pênalti em Vagner Love, derrubado dentro da área por Berrío. Clayson bateu à esquerda do goleiro Diego Alves, que caiu para o lado contrário.

O gol de empate veio aos 39 minutos, mas só foi validado aos 45. Em cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou para bela defesa de Cássio. Gabriel aproveitou o rebote e marcou para o Flamengo, mas o bandeira apontou impedimento. Após minutos de espera, o VAR validou o gol flamenguista, dando números finais à partida.

Com o resultado, o Corinthians sobe da nona para a oitava posição na competição, com 16 pontos e um jogo a menos. O Flamengo continua estacionado na terceira colocação, com 21 pontos, a cinco dos líderes Palmeiras e Santos.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Fortaleza no domingo (28), no Castelão. O Flamengo tem pela frente clássico contra o Botafogo, também no domingo, no Maracanã. Antes disso, porém, a equipe carioca tem compromisso na quarta-feira (24) contra o Emelec, no Equador, pelas oitavas de final da Libertadores.

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel (Mateus Vital), Junior Urso e Sornoza (Boselli); Pedrinho, Clayson (Everaldo) e Vagner Love.
T.: Fábio Carille.
FLAMENGO
Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Cuéllar (Bruno Henrique), Willian Arão e Diego; Vitinho (Berrío), Gerson (Lincoln) e Gabigol.
T.: Jorge Jesus.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (ambos do RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Público/Renda: 34.737 pagantes/R$ 2.223.284,60
Cartões amarelos: Clayson (Corinthians); Rodrigo Caio, Berrío, Diego e Rodinei (Flamengo)
Cartão vermelho: Berrío (Flamengo)
Gols: Clayson, de pênalti, aos 16 minutos do segundo tempo (Corinthians); Gabriel aos 46 minutos do segundo tempo (Flamengo).

Fonte: FOLHAPRESS

 

 

 

 

© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados