Em dois meses, mais de 6 mil têm Bolsa Família cancelado no Piauí

Entre os meses de agosto e setembro deste ano, mais de seis mil pessoas deixaram de receber o benefício do Programa Bolsa Família. A redução no Piauí chegou a R$ 1,2 milhão em repasses.

Resultado de imagem para bolsa familiaSegundo a coordenação estadual do programa, o Bolsa Família injeta cerca de R$ 1,15 bilhão por ano na economia do estado do Piauí, dinheiro que movimenta o comércio e serve de subsídio para muitas famílias.

“A cada R$ 1 que a gente investe no Piauí ele retorna para o estado brasileiro R$ 1,78. É um programa que utiliza apenas 0,4% de toda a riqueza nacional”, informa o coordenador estadual, Roberto Oliveira.

A dona de casa Ana Luiza Lopes, recebe R$ 277 para pagar as despesas da casa e os custos para a educação dos filhos. O dinheiro que ela recebe com seus trabalhos como diarista não é suficiente para pagar todas as contas da família. “É uma forma de sobreviver. Sou só eu e meu filho e minha filha de 14 e 24 anos, e ele ainda não trabalha, só estuda”, conta.

No Piauí, o montante de benefícios caiu de R$ 95 milhões para R$ 93,8 milhões em setembro. O governo congelou o valor liberado para 2019 para o próximo ano, o que deve aumentar a fila de espera para adesão ao programa. Até o momento, o governo federal não sinalizou a inclusão de novos beneficiários . 

“A gente pede para que todos tenham paciência, que todos continuem aguardando para que possa, depois de uma certa avaliação ou disponibilidade financeira, seja disponibilizado o benefício”, orienta o coordenador estadual.

Cidade Verde 

 
VEJA TAMBÉM
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados