Juiz nega retorno de Léo Matos à prefeitura de Gilbués

A Justiça negou nessa sexta-feira (24), um mandado de segurança com pedido de liminar impetrado pelo prefeito afastado do município de Gilbués, Léo Matos, em face do presidente da Câmara Municipal, Dimas Rosa Medeiros.

Juiz nega retorno de Léo Matos à prefeitura de Gilbués

Léo Matos (Foto: Reprodução)

Léo Matos pedia que o julgamento da extinção de seu mandato, que aconteceu na última segunda-feira (20), na Casa legislativa da cidade, fosse anulado.

Na decisão, o juiz Carlos Marcelo Sales Campos, entendeu que não houve ilegalidade ou abuso de poder, e destacou a falta de provas apresentadas por Léo Matos, que alegou prejuízo a sua defesa no procedimento adotado pelo legislativo.

"Diante da ausência do perigo da demora e da falta documental capaz de demonstrar a verosimilhança dos fatos alegados, entendo, não estarem presentes os requisitos para concessão da medida liminar solicitada, por entender não ter havido qualquer prejuízo à defesa do impetrante, nem violação à norma legal".

Fonte portal r10

VEJA TAMBÉM
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados