A desorganização em quadra e os sucessivos erros quase tiraram a chance do Brasil de conquistar pela 12ª vez o título do Grand Prix de vôlei. No jogo decisivo desta quinta contra a Holanda - após a derrota para a China na quarta -, a seleção do técnico José Roberto Guimarães chegou a ficar atrás por 2 sets a 1, mas reagiu no momento decisivo com a entrada da central Bia e conseguiu a virada heroica por 3 sets a 2, com parciais de 25/27, 25/23, 22/25, 25/22 e 15/11, em Najing, na China.

© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados