A Secretaria Municipal de Educação de Corrente, em parceria com o SEBRAE, está promovendo a capacitação para os professores da rede municipal de ensino, intitulada Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). O objetivo é incentivar o espírito empreendedor e a orientação para os negócios nas novas gerações, através de oficinas lúdicas.

A Secretária Municipal de Educação de Corrente, Maria do Socorro Cavalcanti, enviou um documento ao Sindicato dos Professores Municipais do Extremo Sul do Piauí (Sinprosul), em resposta ao ofício enviado em 24 de julho convocando uma reunião para o dia 8 de agosto para discussão de diversos assuntos.

Confira abaixo mataria do portal 180 graus na integra aqui.

De acordo com a série histórica das pesquisas do Instituto Jales, o candidato à reeleição Zé Filho (PMDB) se apresenta numa fase de crescimento na intenção de voto do eleitorado piauiense. Na última semana de junho, no confronto de todos os candidatos, Zé tinha 16,76% das intenções de voto, empatado tecnicamente com o candidato Mão Santa, do PSC. Na última pesquisa de julho, Zé já tinha avançado acima da margem de erro, figurando com 20,22%.

O estatístico Paulo Jales afirma que é possível se observar uma tendência de crescimento em duas fases. “Ainda estamos no início da campanha e o eleitorado, apesar de começar a conhecer os candidatos, ainda não teve a chance de compará-los da melhor maneira, isso vem com a propaganda no rádio e na tv”, comenta Jales. Ele diz ainda que a primeira fase de crescimento de Zé Filho é a identificação com o eleitorado que já rejeita o líder das pesquisas.

“Wellington (Dias) só tinha um adversário real, que era Mão Santa. Era o único que se dizia totalmente contra o PT, então o eleitorado que rejeita Wellington tinha a intenção de votar nele. Como o Zé Filho rompeu com o Governo Federal, essas pessoas passaram a ver nele uma opção melhor de confronto, um voto mais viável”, completa Jales.

'O eleitorado vê Zé Filho como o real adversário de W.Dias e opta por votar nele', diz estatístico'O eleitorado vê Zé Filho como o real adversário de W.Dias e opta por votar nele', diz estatístico

A segunda fase começa com a propaganda de rádio e TV. “É aí que as pessoas vão colocar um candidato ao lado do outro e avaliar o que cada um já fez, o que deixou de fazer e o que quer realizar. Wellington todos já conhecem e Zé Filho será apresentado. É aí que pode haver a mudança. Quem dizia votar em Wellington porque não conhecia de fato os outros candidatos, poderão se identificar com Zé Filho. A política do Piauí já mostrou várias vezes que isso pode acontecer”, avalia.

Gráfico mostra evolução dos números com relação à candidatura de Zé FilhoGráfico mostra evolução dos números com relação à candidatura de Zé Filho

CLIQUE AQUI E CONFIRA OS NÚMEROS DA PESQUISA JALES

Fonte: 180 graus

20140731_204947Com o objetivo fazer esclarecimentos acerca do pleito eleitoral em curso, o promotor foi enfático ao pedir colaboração e alerta-la com relação a supostas transgressões da lei eleitoral por parte de blogueiros e radialistas.

O ministério publico fez alerta sobre a propaganda subliminar em que faz referências claras sobre candidatos, não de forma direta mais que o publico entende que está se referindo ao determinado candidato e dessa forma a lei poderá se aplicada como propaganda sublinear e podendo ser o infrator punido, não só o meio de comunicação como também o responsável pelo programa ou portal de noticias.

A Lei eleitoral entende com transgressão a propaganda subliminar.

 

O que é propaganda subliminar?

 

Assim são chamadas as mensagens de persuasão feitas para serem percebidas apenas no subconsciente. A primeira experiência do gênero foi realizada em 1956, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, pelo publicitário Jim Vicary. Durante a projeção de um filme, ele inseriu a frase "Beba Coca-Cola" numa velocidade tão rápida - aparecendo com apenas 0,003 segundo de duração - que ela passava desapercebida. O olho humano só capta imagens que duram no mínimo 0,02 segundo, mas, de acordo com Vicary, as mensagens ficavam gravadas na mente das pessoas - tanto que, no intervalo do filme, as vendas do refrigerante aumentaram 60%. Ele repetiu a experiência com a mensagem "coma pipoca" e obteve o mesmo resultado. Também é possível fazer propaganda subliminar com sons. "Uma técnica comum é usar batidas de coração como ruído de fundo para propaganda política.

O som fica quase imperceptível, principalmente se misturado à trilha sonora ou à fala do candidato, mas passa uma sensação de calma e segurança. O expediente já foi utilizado por políticos como Covas e Maluf, e nas propagandas de carro da Chevrolet", afirma o publicitário Flávio de Alcântara Calazans, professor da Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo. O caso mais famoso aconteceu no Japão, em 1997, quando mais de 700 crianças tiveram ataque epiléptico por causa do desenho Pokemón. A animação trazia um estímulo luminoso - flashes coloridos imperceptíveis - que deveria causar uma sensação agradável, mas que provocou curto-circuito no cérebro das crianças. "Propaganda subliminar é crime em países como Estados Unidos e França, mas aqui no Brasil não existe uma legislação específica sobre isso - embora o Código de Defesa do Consumidor deixe claro que esse tem o direito de saber quando está diante de uma mensagem publicitária", diz Flávio.

 Da Redação
 
 

MISTÉRIO: Nessa quinta feira a policia deve dar um primeiro parecer sobre o sumiço de cadáver do cemitério de Corrente, o portal C N teve informações dessa quarta feira  (30) que o delegado João Rodrigo vai solicitar que o medico perito da policia civil Dr. João Pacheco faça uma vistoria no caixão que ficou enterrado no cemitério em buscas de respostas, com base em informações da administração do cemiterio de Corrente a policia já trabalha também com a possibilidade de um parente do cadáver ter raptado o corpo.

Vamos aguardar novas informações para essa quinta feira(31)

Entenda o caso

MISTÉRIO: Corpo desaparece de cemitério de Corrente misteriosamente, a policia civil já foi acionada para investigar o caso.

 
REPERCUSSÃO NACIONAL: Caso de cadáver que desapareceu do cemitério de Corrente ganha manchetes dos principais portais do Piaui e é a matéria mais lida do portal da globo – G1Da Redação
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados