SAÚDE: Nutricionista dá dicas de como você pode diminuir e combater as gordurinhas localizadas

As dicas para combater a famosa gordurinha localizada é da nutricionista Marcele Policarpo. Tite suas dúvidas e siga atentamente as recomendações.

O que é a gordura localizada? Como ela se forma?
A gordura pode se tornar localizada em alguns lugares específicos do corpo. Os mais comuns são: região abdominal e flancos e região ginóide (coxas e quadris).
A gordura da região abdominal se forma quando a pessoa não faz dieta fracionada, ou seja, não come de três em três horas. Isso acontece porque o organismo armazena gordura para os momentos que ele necessita, (de fome ou escassez), e assim ocorre a formação de gordura na região dos flancos e região abdominal.
O acúmulo de gordura na região ginóide é mais comum em mulheres do que em homens. Esse acúmulo é causado por conta do desequilíbrio entre estrógeno, progesterona, testosterona. Os hormônios femininos (estrógeno, progesterona) são os principais causadores da gordura localizada nas coxas e quadris. Esses hormônios interferem no metabolismo das gorduras, na circulação linfática, e ainda facilitam a retenção de água e sal. Os hormônios femininos coordenam a deposição de gordura no abdômen, quadril e coxas para dar ao corpo o aspecto feminino.

Como evitar a gordura localizada?
- Comer de três em três horas
- Consumir alimentos de baixa carga glicêmica (batata-doce, arroz integral e maçã) – que elevam lentamente a glicose sanguínea fazendo com que o organismo produza insulina lentamente, evitando o acúmulo de gordura.
- Ingerir frutas, verdura e legumes
- Evitar comidas gordurosas e industrializadas
- Fazer exercício físico regularmente

Como diminuir a gordura localizada?
A prática de exercício físico juntamente com uma alimentação equilibrada (com cereais integrais, proteínas magras, frutas, verduras e legumes) auxiliam na redução de gordura corporal.

Como evitar a gordura abdominal - Ingerir alimentos ricos em ômega-3. Esse ácido graxo facilita a conversão da glicose em energia, impedindo a formação de novos estoques de gordura, geralmente mais concentrados na barriga.

Como evitar a gordura ginóide - Essa dica é somente para as mulheres! Ingerir alimentos que contenham isoflavona (soja e derivados). A isoflavona é um composto da soja, também chamado de fitoestrogênio. Sua estrutura química é semelhante ao estrógeno, melhorando o equilíbrio desse hormônio, diminuindo, assim a deposição de gordura no abdômen, quadril e coxas. Homens devem evitar soja, pois no organismo, o fitoestrogênio se transforma em estrógeno (hormônio feminino), baixando os níveis de testosterona.


Existem alimentos que ajudam a queimar gordura?
Alimentos termogênicos (canela, gengibre, pimenta, grão de mostarda) alimentos aceleram o metabolismo e ajudam a emagrecer. Eles aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal, queimam calorias e ajudam a gordura corporal.

A redução e a prevenção da gordura localizada estão ligadas à prática de exercícios com regularidade e à alimentação saudável? Por quê?
Sim, exercícios físicos regulares e alimentação saudável previnem e diminuem a formação de gordura.

Para aquelas pessoas que sonham em ficar com o mínimo possível de gordura localizada, de que forma a alimentação pode interferir?
A alimentação pode interferir para reduzir a gordura localizada, desde que ingerida de forma fracionada e com nutrientes adequados.


Cinco alimentos recomendados para quem quer evitar e diminuir a gordura localizada?
1 – Chia
2 – Linhaça
3 – Peixe cavala
4 – Atum
5 – Salmão

O que esses alimentos proporcionam?
São alimentos ricos em ômega-3. Esse ácido graxo impede a formação de reservas de gordura na região abdominal.

Cinco alimentos que irão atrasar os ganhos?
1 – Doces
2 – Pães
3 – Biscoitos recheados
4 – Alimentos produzidos com farinha branca
5 – Alimentos muito açucarados.

Por que eles são prejudiciais?
São alimentos com alto índice glicêmico. Eles contribuem para o inchaço e o acúmulo de gordura abdominal. Esses alimentos produzem, de forma excessiva, a insulina (hormônio que favorece o acúmulo de gordura abdominal).

Uma superdica da nutri
Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada e inclua na sua alimentação alimentos ricos em ômega 3. Esses hábitos, aliados a exercícios físicos frequentes, trarão resultados surpreendentes na perda de gordura corporal, em especial, a gordura localizada.

cv

VEJA TAMBÉM
© 2017 Corrente é notícia, todos os direitos reservados