Ingestão diária de 400ml de suco de uva auxilia na longevidade e possui vários benefícios

Imprimir

Prevenção contra tumores, ação antioxidante, aumento do fluxo sanguíneo, redução da formação de trombos (entupimento nas veias), além de proteção dos sistemas cardiovascular, hepático e nervoso. Não se trata de uma nova droga revolucionária ou de um elixir milagroso, mas do suco de uva integral. Rico em polifenóis (antioxidantes que protegem as membranas celulares e o DNA), a bebida tem todos esses benefícios para a saúde comprovados cientificamente.

A bioquímica Caroline Dani, entusiasta do suco de uva e professora do Centro Universitário Metodista do Ipa, no Rio Grande do Sul, pesquisa o produto desde 2004 e é uma das responsáveis por grande parte dos estudos realizados sobre ele no Brasil. “A principal ação do suco de uva é ser antioxidante, mas ele tem outras ações também. No sistema circulatório, ele é vaso dilatador. Assim, inibe o entupimento das veias e a formação de trombos”, explica.

Os benefícios estão longe de parar por aí. “O fígado é o filtro do nosso corpo, mas deixa muitos resíduos que são tóxicos. O suco de uva auxilia na retirada desses resíduos. Já no sistema nervoso, além de ser antioxidante, ele melhora o fluxo sanguíneo, o que contribui para um melhor funcionamento do cérebro e para a proteção do sistema nervoso. Logo, o suco de uva previne doenças como as síndromes de Alzheimer e Parkinson”, diz a pesquisadora.

A nutricionista funcional Karin Honorato já inclui o produto nas dietas que prescreve há cerca de oito anos. “O suco tem uma boa quantidade de ferro, vitamina C, vitaminas do complexo B, potássio e outros sais minerais”, atesta.

Consumo. Segundo Caroline, os benefícios à saúde são verificados com o uso prolongado do produto na dieta. Ela indica a ingestão de aproximadamente 400 ml por dia para uma pessoa de 70 kg e quantidade proporcional para crianças. “Com 100 ml ao dia a pessoa já tem benefícios”, afirma Karin. “O produto é muito bom para quem não tem tempo de fazer um suco natural de fruta em casa. Se a pessoa consumir qualquer tipo de suco artificial, já vale a troca”, garante.

Restrições. De acordo com as especialistas, o suco de uva integral sem conservantes e sem açúcar é recomendado para todas as pessoas, exceto quem é diabético e segue uma dieta com restrição de frutas. Nesse caso, o mais indicado é seguir a orientação médica.

Além disso, para grávidas no último trimestre de gestação, o consumo deve ser moderado. “Há um duto do coração do bebê que se fecha nesse período da gestação. Como os polifenóis são anti-inflamatórios, o excesso deles pode prejudicar a formação desse duto”, explica a biomédica. No entanto, o consumo moderado, de até 400 ml diários, é considerado seguro.

Fonte: O Tempo

VEJA TAMBÉM